Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 8 de Dezembro de 2021

Sidrolandia

Registro de BOs na Delegacia Virtual cresce 9,8% em julho

Reginaldo Nascimento, Supervisor da Devir, afirma que um dos principais benefícios da Delegacia Virtual é a agilidade no registro do boletim de ocorrência.

Notícias MS

10 de Agosto de 2013 - 12:00

A Delegacia Virtual (Devir) apresentou nesta sexta-feira (9) o balanço de boletins de ocorrência registrados online no mês de julho. Os números apontam um aumento de 9,8% no total de boletins, subindo de 3.157 casos em junho de 2013 para 3.466 no mês de julho. De acordo com a delegacia, em julho foram realizados, através da ferramenta virtual, 114 registros de furtos simples, 3.345 de extravios e sete casos de desaparecimentos.

Reginaldo Nascimento, Supervisor da Devir, afirma que um dos principais benefícios da Delegacia Virtual é a agilidade no registro do boletim de ocorrência. “A Devir veio agregar muito ao atendimento da Polícia Civil, desafogando e agilizando o atendimento presencial nas delegacias. O cidadão que perde um documento, por exemplo, não precisa gastar tempo indo a uma delegacia para registrar o fato. Pode fazer isso de casa em poucos minutos”, destaca.

Delegacia Virtual

O cidadão pode registrar através da Delegacia Virtual (Devir) casos de furtos simples, de objetos de pequeno valor, extravio de documentos e desaparecimento de pessoas. Os boletins de ocorrências, que são gratuitos, e têm validade em todo território nacional, podem ser feitos através do site da Polícia Civil www.pc.ms.gov.br. É importante ressaltar que o site só funciona no navegador Internet Explorer, não sendo possível utilizar outros navegadores para o registro de boletins de ocorrência.

Ainda segundo a delegacia, o portal de Denúncias é outro serviço oferecido pela Devir e deve ser utilizado pela população para informar a polícia sobre algum fato delituoso ou informações que ajudem nas investigações, elucidação de crimes ou até mesmo para que a autoridade policial possa tomar ciência de fatos e determinar providências.