Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 9 de Maio de 2021

Sidrolandia

Reinaldo ativa monitoramento e assiste a simulação de prisão de assaltantes

Em tom de brincadeira, o governador perguntou se o sistema poderia descobrir se o veículo está com IPVA em atraso.

Campo Grande News

06 de Dezembro de 2016 - 00:00

O governador Reinaldo Azambuja assistiu na tarde de hoje (6) à simulação da prisão de dois suspeitos de assalto, flagrados pelo novo sistema de monitoramento por câmeras de alta definição, ativado em Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande.

Da sala do Ciops (Centro Integrado de Operações de Segurança), onde fica a central de monitoramento, Reinaldo acompanhou a simulação em tempo real em que dois homens chegam de moto a uma loja de eletroeletrônicos da Avenida Marcelino Pires. Um deles entra e o outro fica na moto.

Com a imagem da atitude suspeita dos homens na tela do computador, o policial do Ciops acionou uma viatura que estava na área central e em poucos segundos os dois homens foram abordados.

O comandante da Polícia Militar em Dourados, tenente-coronel Carlos Silva, disse ao governador que será dessa forma que o novo sistema vai contribuir para melhorar a segurança pública na segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul.

Reinaldo conheceu também um projeto-piloto que está sendo implantado na cidade com uma câmera doada por uma empresa de tecnologia, que permite um rastreamento instantâneo da placa dos carros, permitindo revelar se o veículo é roubado ou esteve envolvido em algum crime.

IPVA - Em tom de brincadeira, o governador perguntou se o sistema poderia descobrir se o veículo está com IPVA em atraso. O imposto é uma das principais fontes de arrecadação do governo estadual e os boletos com vencimento em 31 de janeiro já foram distribuídos.

Sobre as câmeras de monitoramento, já instaladas em Corumbá e Dourados e que em breve chegarão a outras cidades, Reinaldo disse que o sistema permite maior controle de áreas de grande fluxo de pessoas e de maior incidência de ocorrências. “Permite um trabalho policial mais rápido, como deseja o cidadão”.

Ele reconheceu que a polícia de Mato Grosso do Sul ainda precisa de mais estrutura, mas disse que o Estado tem se esforçado para equipar e treinar as forças de segurança. Disse que neste mês vai anunciar a terceira fase do programa “MS mais Seguro” e reafirmou que o primeiro núcleo de inteligência de fronteira do governo federal será instalado no estado.

Equipes do Ministério da Justiça devem chegar a Campo Grande na quinta-feira, para iniciar os preparativos com a Secretaria de Segurança Pública para a instalação do núcleo.

Reinaldo também anunciou que o ministro da Defesa Raul Jungman virá a Dourados na semana que vem para conhecer o Sisfron (Sistema de Monitoramento de Fronteiras). Ele defendeu o dfim do contingenciamento de recursos do sistema, adotado ainda no governo Dilma, e disse que o Sisfron ajuda a ter controle em tempo real da fronteira.

Outras cidades – O sistema de videomonitoramento em vias públicas está sendo implantado em Amambai, Bela Vista, Coronel Sapucaia, Corumbá, Dourados, Mundo Novo, Naviraí e Ponta Porã, totalizando 90 câmeras. O investimento é de R$ 3,9 milhões sendo R$ 3,7 milhões da União e R$ 200,2 mil de contrapartida do Estado.

O trabalho faz parte da Enafron (Estratégia Nacional de Segurança Pública). O objetivo é coibir, prevenir e identificar autores dos principais crimes que ocorrem nesses pontos vigiados, como o tráfico de drogas, roubos e furtos de veículos.

A ativação do sistema de monitoramento da PM encerrou a agenda de Reinaldo Azambuja nesta terça-feira em Dourados. Ele iniciou a agenda na inauguração dos laboratórios de alimentos do Senai. Depois participou do lançamento da pedra fundamental de duas indústrias da Coamo, com investimento de R$ 650 milhões.