Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 25 de Julho de 2024

Sidrolandia

Repercussão: Pai de Lindsay Lohan fala sobre a prisão

- Ela sabe que fiz tudo isso pelas razões certas. Meus filhos sabem o pai que sou.

Estrelado

07 de Julho de 2010 - 10:35

/>
Repercussão: Pai de Lindsay Lohan fala sobre a prisão

pe
/>

Apesar de alegar que não gostaria de dar entrevistas, o pai de Lindsay Lohan, Michael Lohan, conversou com o site de entretenimento norte-americano Radar Online sobre a sentença que LiLo recebeu da corte dos Estados Unidos na última terça-feira, dia 6. Lindsay deverá passar noventa dias na prisão e mais noventa dias em um processo de reabilitação, depois que deixar a cadeia.

Durante a conversa, Michael assumiu que pode estar despertando a ira da família com uma declaração pública, mas mesmo assim não deixou de falar o que pensa.

- Eu estou pedindo há um tempão, para ela e para o advogado dela, para que fosse a uma clínica de reabilitação. Ninguém me escutou. Agora ela vai passar noventa dias presa.

Em trechos da conversa, Michael critica o programa ao qual a filha era obrigada a ir, alegando que o local onde eram ministradas as aulas sobre alcoolismo falsificava documentos e mentia, devendo, portanto, nem portar uma licença para funcionar. Contudo, mesmo não poupando comentários indignados, ele concordou que a sentença dada à filha foi de bom tamanho.

- Estou feliz que a juíza tenha obrigado Lindsay a ir para a reabilitação. E também acho que ela fez um excelente trabalho em sua sentença. Mas, não acho que minha filha merecia ir para a prisão. Isso despedaça meu coração.

Chorando, o pai de Lohan falou que só quer ajudar a filha a sair dessa situação, antes, durante e depois do tempo em que ela passará presa.

- Para mim, as pessoas ao redor de Lindsay são o Anti-Cristo. Eu sou quem está tentando ajudá-la, quero trazê-la de volta a sua vida. Farei tudo o que puder nas próximas duas semanas, para que toda essa situação mude.

Michael também assumiu a culpa da filha no tribunal, atestando que a protagonista do longa Meninas Malvadas inventou mesmo algumas desculpas para não ir às aulas sobre conscientização alcoólica. Mesmo assim, censurou as rehabs pelas quais a filha já passou.

- Eu acho que todos nos sabemos que ela tirou vantagem e inventou algumas desculpas para não ir ao programa. E a corte sabe que a única coisa para qual os exames dela deram positivo foi para drogas prescritas. Essas drogas estão matando minha filha e milhões de crianças na América. Sabe onde ela arranjou essas receitas? Com psiquiatras, em clínicas de reabilitação. Ela precisa de um programa que a tire das drogas, não que a receite mais algumas delas.

Para encerrar a o bate-papo, Michael despistou a fama de mau pai atribuída a ele pela mídia internacional, e declarou ser alguém muito bem intencionado.

- Ela sabe que fiz tudo isso pelas razões certas. Meus filhos sabem o pai que sou. É uma pena que Lindsay está perdida, em um mundo perdido.

rdido.