Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 21 de Outubro de 2021

Sidrolandia

Retirada da escrita “AVE MARIA” ganha força com abaixo assinado

Centenas de assinaturas já foram colhidas com objetivo de banir o nome “AVE MARIA” da bandeira do município

Marcos Tomé/Região News

25 de Janeiro de 2011 - 07:46

Pastor Adilson Barbosa, dirigente da Igreja Evangélica de Sidrolândia (IES) está decidido a levar a diante o processo que pede a retirada da escrita “Ave Maria” da bandeira do município. O líder evangélico afirmou a reportagem do Jornal Eletrônico Região News que não tem absolutamente nada contra a Igreja Católica e que a ação é contra o município que fere o artigo 19 da constituição federal.

“Nós, representantes do povo evangélico e pensando e um Estado Democrático, destinado a assegurar o exercício dos direitos sociais e individuais, a liberdade, a segurança, o bem-estar, o desenvolvimento, a igualdade e a justiça como valores supremos de uma sociedade fraterna, pluralista e sem preconceitos, fundada na harmonia social e comprometida, na ordem interna, concluímos que tal escrita em nosso símbolo maior, é uma afronta aqueles que escolheram seguir outras ideologias de crença”, comentou Adilson

Conheça o Art. 19.

É vedado à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios: Estabelecer cultos religiosos ou igrejas, subvencioná-los, embaraçar-lhes o funcionamento ou manter com eles ou seus representantes relações de dependência ou aliança, criar distinções entre brasileiros ou preferências entre si, ressalvada, na forma da lei, a colaboração de interesse público..

Abaixo Assinado

Centenas de assinaturas já foram colhidas em um abaixo assinado movido por lideranças evangélicas com objetivo de banir o nome “AVE MARIA” do brasão do município. Líderes do movimento esperam colher mais de mil assinaturas. A reportagem procurou a Paróquia Nossa Senhora da Abadia para falar sobre o caso.

Frei Mauro em contato com a reportagem disse que já havia tomado conhecimento do referido movimento, porém, somente o Pároco, Frei Claudio Fumegalli, que esta de férias e deverá retornar aos trabalhos no próximo dia 30, poderá se manifestar sobre o assunto.