Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 11 de Agosto de 2022

Sidrolandia

Reunião com autoridades discuti projeto de construção de uma Via lateral na BR-060

O motivo da reunião foi a discussão do Projeto da construção de uma Via lateral na BR-060 até a sede da JBS.

Cid Pinheiro - Assessor de Comunicação

21 de Agosto de 2015 - 09:38

Estiveram reunidos na manhã de ontem (20), com o prefeito Ari Basso e com o Vice-Prefeito Marcelo Ascoli, o Superintendente da Indústria JBS/FOODS, Marcelo Moser, o Presidente da Câmara de Vereadores, David Moura de Olindo, os Vereadores Waldemar Acosta, Edno Ribas e Sergio Trineu Bolzan.

O motivo da reunião foi à apresentação e discussão do Projeto da construção de uma Via lateral na BR-060 até a sede da JBS. O Secretário de Governo Ilson Peres, informou que a reivindicação é antiga e que ganhou força agora com o novo chefe da Unidade da Indústria de Sidrolândia e apoio do vereador, Sergio Bolzan.

O movimento na rodovia 060 vem aumentando a cada dia e o fluxo de veículos, ônibus e gigantescas carretas frigoríficas que utilizam o modesto trevo de acesso a empresa também aumentou e por isso hoje o risco de acidentes é muito grande o que coloca em risco a vida de milhares de trabalhadores da indústria a cada momento.

Marcelo Moser afirmou que não dá mais para esperar e que agora uma medida deve ser tomada com urgência, já que a JBS vê em Sidrolândia um município promissor e por isso a Unidade local vai passar por grandes mudanças e ganhar investimentos cada vez maiores tanto em estrutura como em funcionários.

O Diretor de Projetos do município Geraldo dos Santos que também acompanhou a reunião informou que o DNIT, órgão responsável pela Rodovia que é de domínio da União, já aprovou o Projeto e que a partir de agora a JBS tem 60 dias para enviá-lo ao Executivo que vai se empenhar juntamente ao poder Legislativo para sua aprovação.

Aprovado, o Projeto volta para a Diretoria da JBS/FOODS que vai se reunir com o governador Reinaldo Azambuja e sua Bancada Estadual e Federal para viabilizar recursos para sua implementação.