Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 20 de Julho de 2024

Sidrolandia

Rodada tem três empates com placar em branco e a menor média de gols

Folha.com

26 de Julho de 2010 - 12:30

Às 20h05m08 deste domingo, os corintianos estavam roendo as unhas no Pacaembu, nervosos com um empate com o Guarani que parecia ser um fim completamente fora do script para a era Mano Menezes no Timão. A pouco mais de 400 quilômetros dali, os torcedores do Fluminense enchiam o peito comemorando a manutenção da liderança com uma vitória no estilo guerreiro-Muricy sobre o Botafogo no Engenhão.
Mas aí o ponteiro andou duas casas.

Os dois lances foram quase no mesmo instante. Às 20h05m09, Bruno César cobrou uma falta no ângulo de Douglas e botou o Timão na frente. No segundo seguinte, Renato Cajá cruzou na área, a bola passou por Fernando Henrique e entrou. E a história do Brasileirão 2010 mudou de novo: o Corinthians – que ainda fez o terceiro - retomou a liderança, com 24 pontos, um a mais que o Flu, após 11 rodadas.
A rodada do Brasileirão teve três jogos com placar em branco e, por consequência, a menor média de gols desta edição: apenas 1,6. Nas arquibancadas, uma média de 15.221 pagantes por partida (cálculo feito sem levar em conta o público de Avaí x Atlético-MG, não divulgado). Mudanças importantes aconteceram na classificação. Após cinco rodadas na zona da degola, o Vasco conseguiu respirar com a vitória sobre o lanterna Atlético-GO e agora é o 14º. O Botafogo, que chegou a ficar em terceiro lugar no início da competição, agora está no grupo do desespero, fazendo companhia a Grêmio e Atlético-MG.
A única mudança no grupo dos quatro primeiros foi a troca de posições entre Corinthians e Flu. Com um empate com o Palmeiras de Felipão – que não venceu desde a volta para o Brasil – o Ceará segue em terceiro, tentando mostrar que seu fôlego é maior que o de um simples cavalo paraguaio. O Inter completa o quarteto de cima com uma vitória sobre o Flamengo, agora sexto colocado, por 1 a 0.