Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 1 de Dezembro de 2020

Sidrolandia

Safra recorde de soja em 2010 puxa PIB e faz Sidrolândia ter a 10ª maior economia de MS

Algumas cidades vizinhas, com o mesmo perfil sócio-econômico de Sidrolândia, apresentaram crescimento expressivo.

Flávio Paes/Região News

13 de Dezembro de 2012 - 09:17

A super-safra de soja, com a colheita de 345 mil toneladas do grão, obtida há dois anos, garantiu a Sidrolândia um incremento de 21,01% no PIB (Produto Interno Bruto) da cidade, que saltou duas posições (superando São Gabriel do Oeste e Chapadão do Sul) e se consolidou como a 10ª economia de Mato Grosso do Sul. Entre 2006 e a 2010 o PIB, que é a soma de riquezas da cidade, cresceu 74,45.%, passando de R$ 394,7 milhões (12º no ranking estadual) para R$ 688,74 milhões, enquanto em 2009, era de R$ 569,13 milhões.

Algumas cidades vizinhas, com o mesmo perfil sócio-econômico de Sidrolândia, apresentaram crescimento expressivo. Maracaju, por exemplo, que é a cidade com maior área plantada de soja do Estado, teve uma evolução de 95% no PIB entre 2006 e 2010, passando de R$ 496,16 milhões para R$ 968,52 milhões. A cidade tem a 6ª maior economia estadual. Rio Brillhante, 7ª colocada, cresceu 52%, com o Produto Interno Bruto saindo de R$ 407 milhões para R$ 841 milhões.  Nova Alvorada do Sul ampliou a sua produção de riqueza em 144% (de R$ 161,8 milhões para R$ 356,3 milhões, 23º do estado).

Concentração 

Cinco municípios respondem por mais da metade do PIB  de Mato Grosso do Sul. O cenário de concentração foi mostrado em levantamento do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), divulgado nesta quarta-feira. No Estado, o valor do PIB alcançou R$ 43,5 bilhões em 2010. Do total, 56% estão nas maiores cidades. Campo Grande segue na dianteira, com PIB de R$ 13,8 bilhões. Em seguida vem Dourados, com 3,5 bilhões. A lista é completada por Corumbá (R$ 3,2 bilhões), Três Lagoas (R$ 2,9 bilhões) e Ponta Porã (R$ 968 milhões).

Conforme o IBGE, na região Centro-Oeste, Mato Grosso do Sul foi o único em que a concentração de riquezas dos cinco maiores PIB foi superior a 50%. Situação semelhante foi encontradas nas regiões Norte e Nordeste. No Amazonas e Amapá, os cinco maiores PIB municipais participavam com 87,4% dos respectivos PIB estaduais.

Setores - Mato Grosso do Sul ampliou a produção e registrou avanços econômicos nos setores da indústria e serviços, no entanto, perdeu 0,1 ponto percentual na agropecuária, atividade tradicionalmente importante.
Mesmo assim, em 2010, o Estado teve o quarto melhor desempenho com 11%, ficando atrás de Rondônia (12,6%), Espírito Santo (13,8) e Tocantins (14,2%).há dois

No país  – Conforme o IBGE, nos últimos dez anos, as capitais brasileiras vêm perdendo participação no total da economia do país, ao mesmo tempo em que municípios menores apresentam ganhos de renda. O levantamento é referente a 2010, quando o PIB cresceu 7,5% em relação ao ano anterior, tendo alcançado um valor de R$ 3,770 trilhões. Foram analisados todos os 5.565 municípios brasileiros

Evolução do PIB de Sidrolândia

-2006

R$ 394.791,00

2007

PIB - R$ 467.436,00

Crescimento de 18,40%

2008

PIB- R$ 581.470,00

Crescimento de  19,61%

2009

PIB- R$ 569.133,00

Queda de 2,12%

2010

 PIB - R$ 688.745.00

Ranking

Municípios

2010

 A preços correntes (R$ 1000)

Per Capita (R$)

Brasil

 3 770 084 872

   19 766,33

-

Mato Grosso do Sul

  43 514 207

   17 765,68

Campo Grande

  13 875 046

   17 625,73

Dourados

  3 543 858

   18 074,64

Corumbá

  3 248 681

   31 305,95

Três Lagoas

  2 821 909

   27 741,38

Ponta Porã

   968 521

   12 438,30

Maracaju

   906 438

   24 231,78

Rio Brilhante

   841 910

   27 471,19

Naviraí

   780 740

   16 842,64

Nova Andradina

   771 132

   16 911,16

10º

Sidrolândia

   688 745

   16 369,07

11º

Chapadão do Sul

   682 300

   34 715,60

12º

São Gabriel do Oeste

   623 370

   28 125,33

13º

Paranaíba

   601 015

   14 960,29

14º

Aquidauana

   531 516

   11 650,19

15º

Costa Rica

   510 386

   25 922,39

16º

Bataguassu

   488 308

   24 630,92

17º

Caarapó

   488 226

   18 950,65

18º

Coxim

   475 789

   14 785,24

19º

Ribas do Rio Pardo

   471 173

   22 472,14

20º

Aparecida do Taboado

   451 593

   20 246,25

21º

Amambai

   379 389

   10 921,12

22º

Água Clara

   371 426

   25 741,61

23º

Nova Alvorada do Sul

   356 397

   21 687,89

24º

Cassilândia

   329 310

   15 732,37

25º

Itaporã

   301 988

   14 463,70

26º

Ivinhema

   288 000

   12 883,01

27º

Miranda

   257 077

   10 036,20

28º

Bela Vista

   256 123

   11 051,70

29º

Porto Murtinho

   255 650

   16 634,11

30º

Sonora

   254 375

   17 110,01

31º

Itaquiraí

   249 361

   13 393,55

32º

Jardim

   248 440

   10 197,41

33º

Rio Verde de Mato Grosso

   246 093

   13 026,30

34º

Bonito

   240 022

   12 247,28

35º

Camapuã

   236 286

   17 312,86

36º

Mundo Novo

   229 490

   13 471,66

37º

Batayporã

   215 900

   19 738,52

38º

Iguatemi

   215 818

   14 497,05

39º

Brasilândia

   213 317

   18 071,59

40º

Terenos

   213 040

   12 413,49

41º

Aral Moreira

   212 010

   20 673,85

42º

Anastácio

   209 936

   8 803,84

43º

Angélica

   194 281

   21 186,54

44º

Fátima do Sul

   179 729

   9 447,51

45º

Antônio João

   169 720

   20 659,79

46º

Eldorado

   166 372

   14 244,16

47º

Laguna Carapã

   157 339

   24 232,05

48º

Santa Rita do Pardo

   154 789

   21 338,45

49º

Nioaque

   153 968

   10 695,20

50º

Inocência

   149 816

   19 492,11

51º

Bodoquena

   148 006

   18 533,24

52º

Ladário

   136 151

   6 927,77

53º

Pedro Gomes

   127 476

   16 000,48

54º

Deodápolis

   125 677

   10 359,95

55º

Guia Lopes da Laguna

   118 096

   11 390,43

56º

Anaurilândia

   116 065

   13 664,38

57º

Selvíria

   115 894

   18 463,35

58º

Bandeirantes

   115 579

   17 517,25

59º

Dois Irmãos do Buriti

   107 790

   10 402,47

60º

Tacuru

   107 142

   10 488,67

61º

Alcinópolis

   106 732

   23 354,97

62º

Sete Quedas

   105 335

   9 771,37

63º

Glória de Dourados

   99 290

   10 001,02

64º

Coronel Sapucaia

   95 738

   6 807,30

65º

Rochedo

   94 693

   19 238,68

66º

Jaraguari

   88 022

   13 881,36

67º

Juti

   87 867

   14 892,71

68º

Jateí

   85 618

   21 314,00

69º

Paranhos

   81 241

   6 575,57

70º

Caracol

   79 760

   14 770,30

71º

Vicentina

   76 406

   12 947,96

72º

Corguinho

   71 177

   14 639,38

73º

Taquarussu

   68 238

   19 429,94

74º

Novo Horizonte do Sul

   66 453

   13 441,20

75º

Figueirão

   57 495

   19 642,85

76º

Rio Negro

   55 619

   11 035,48

77º

Douradina

   54 712

   10 197,99

78º

Japorã

   45 818

   5 993,15