Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 16 de Janeiro de 2022

Sidrolandia

SAMU faz mais de 1.800 atendimentos por ano e Saúde entrega novos kits de uniformes

Dos R$ 32 mil repassados mensalmente pelo Ministério da Saúde para cobrir despesas com urgência e emergência, só o SAMU consome 78% dos recursos.

Marcos Tomé/Região News

25 de Outubro de 2013 - 15:30

Foto: Marcos Tomé/Região News

SAMU faz mais de 1.800 atendimentos por ano e Saúde entrega novos kits de uniformes

Secretária Leila Couto, prefeito Ari Basso e vereador Ilson Peres durante entrega de uniformes ao SAMU

A secretária de Saúde do município de Sidrolândia, Leila Couto, acompanhado do prefeito Ari Basso (PSDB) e do presidente da Câmara Municipal, vereador Ilson Peres (PSDB), entregou no inicio da tarde desta sexta-feira (25/10) na sede onde funciona o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), novos kits de uniformes.

Ao todo foram entregues aos 12 agentes responsáveis pelo serviço, 1 kit contendo camiseta, calça, gôndola, além de 6 coturnos. A Secretaria investiu cerca de R$ 6.500,00 na aquisição do material que foi confeccionado numa malharia da Capital no padrão exigido pelo Ministério da Saúde.

Desde sua implantação, no dia 5 de março de 2012, o Samu tem mantido em media 150 atendimentos por mês, contabilizando uma monta de aproximadamente 1.800 ocorrências por ano. Deste total, 119 foram em rodovias estadual e federal e outros 177 atendimentos, em área rural, estradas vicinais.

Dos R$ 32 mil repassados mensalmente pelo Ministério da Saúde para cobrir despesas com urgência e emergência, só o SAMU consome 78% dos recursos. Ou seja, cerca de R$ 25 mil por mês. O serviço executado é caracterizado como o de suporte básico.

Os trabalhos são realizados de forma descentralizada na qual a unidade de Sidrolândia recebe demanda regulada de Campo Grande, município onde está localizada a sede regional. Para agilizar os serviços, a Saúde mantém, além do Fiat Ducatto que é utilizada pelo SAMU, outras duas ambulâncias de suporte menor que dão apoio nas ocorrências em locais de difícil acesso.

Capacitação

Desde o mês de setembro deste ano os técnicos e socorristas estão em capacitação. Eles participam de um curso de recertificação em Suporte Básico, promovido pela Central de Regulação de Campo Grande para todas as bases descentralizadas de sua abrangência, visando aprimorar e padronizar a qualidade do pronto atendimento em situações de urgência e emergência.