Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 10 de Agosto de 2022

Sidrolandia

Sanesul desiste de máquina tapa-buraco e vai licitar sistema convencional

No mês passado o prefeito Ari Basso formalizou a Sanesul, em ofício, a intenção de não renovar o convênio diante das dificuldades financeiras e estruturais do município

Flávio Paes/Região News

07 de Dezembro de 2015 - 15:10

A Sanesul desistiu de locar a máquina de tapa-buraco, um equipamento importado do Canadá, que seria trazida neste mês de aniversário de Sidrolândia, como experiência piloto da empresa para substituir o sistema convencional de recuperação do pavimento danificado na cidade.

A empresa que detém da exclusividade deste equipamento no Brasil passa por problemas administrativos e com isto a estatal não conseguiu levar a diante o processo de locação da máquina. A Sanesul vai contratar em caráter emergencial uma empresa que será responsável pelo serviço de tapa-buraco que não é feito há vários meses, embora o convênio com a Prefeitura que em troca do abatimento da conta da água das repartições faria a manutenção só vença dia 31.

No mês passado o prefeito Ari Basso formalizou a Sanesul, em ofício, a intenção de não renovar o convênio diante das dificuldades financeiras e estruturais do município de fazer o serviço. O convênio tem uma estimativa anual de R$ 360 mil de gastos com o tapa-buraco.