Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 22 de Outubro de 2021

Sidrolandia

Saúde aprova liberação de primeira parcela para construção de UPA

O local para a construção da UPA já foi escolhido por uma comissão municipal no início de maio. Ela está próxima da aprovação do Ministério da Saúde.

Assessoria de Comunicação

12 de Julho de 2013 - 10:54

A Coordenação do Ministério da Saúde responsável pela avaliação das propostas das secretarias municipais para a liberação de recursos divulgou parecer favorável à liberação de recursos para a construção da UPA de Sidrolândia. A informação foi passada pela secretária municipal de Saúde, Ana Lídia Áscoli, durante a reunião do Plano Plurianual que aconteceu ontem.

A aprovação do ministério foi dada no dia 1º de julho. Ela habilita a liberação da primeira parcela, equivalente a 10% do valor total orçado, que está em R$ 2,2 milhões. O local para a construção da UPA já foi escolhido por uma comissão municipal no início de maio. Ela está próxima da aprovação do Ministério da Saúde.

A UPA de porte 1, será levantada na Rua Ponta Porã, em frente a Escola Sidrônio. Além de Sidrolândia, este ano o município de Ponta Porã também foi contemplado com uma Unidade de Pronto Atendimento. Para habilitar Sidrolândia pelo número de moradores, a Secretaria de Saúde teve de fazer levantamentos em zonas rurais, distantes da sede, calculando em 52 mil habitantes. O projeto beneficiaria apenas municípios com mais de 50 mil pessoas.

As UPAs funcionam sete dias por semana, 24 horas por dia. Sua estrutura ainda conta com equipamentos de raios-X, eletrocardiografia, laboratório de exames e leitos de observação, e soluciona em média 97% dos casos.

Ao chegar a uma UPA, o paciente é assistido e pode ser tratado na própria unidade ou, conforme o caso, encaminhado a um hospital ou para a atenção básica. A UPA destinada a Sidrolândia é do porte I, com pelo menos dois médicos, sendo um pediatra e um clínico geral. Terá de 5 a 8 salas para manter pacientes em observação, equipamentos de raios-x, sala de gesso e de curativos.

De acordo com a Secretaria de Saúde, a construção da UPA tem prazo de 18 meses para conclusão, a partir do início da obra, com mais 3 meses para instalação de equipamentos, e 1 mês de adequação do pessoal.