Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 22 de Janeiro de 2021

Sidrolandia

Saúde intensifica trabalhos e faz "arrastão" contra dengue em Fátima do Sul

A Equipe de Combate as Endemias tem realizado reuniões periódicas com o objetivo de avaliar a situação epidemiológica do município e definir estratégias de enfrentamento da dengue.

Fátima News

01 de Dezembro de 2012 - 10:33


A Prefeitura Municipal de Fátima do Sul, através da Secretaria Municipal de Saúde, está realizando trabalho de intensificação nas ações de combate ao mosquito transmissor da Dengue.

A Equipe de Combate as Endemias tem realizado reuniões periódicas com o objetivo de avaliar a situação epidemiológica do município e definir estratégias de enfrentamento da dengue.

No mês de novembro houve aumento considerável de casos suspeitos de dengue em nosso município, sendo que a maioria desses casos se concentra no bairro O Pioneiro.

A Secretaria Municipal de Saúde conta com uma equipe de técnicos capacitados para monitorar os casos notificados e intervir através de busca ativa de novos casos, investigação e coleta de material biológico para realização de exames laboratoriais.

Para eliminar o mosquito transmissor esta sendo executado com maior freqüência, o trabalho de eliminação de focos e borrifarão nas proximidades das residências onde foi encontrado caso suspeito.

Além deste trabalho, foi realizado no período de 19 a 23 de novembro, um mutirão com o objetivo de alertar as pessoas quanto aos riscos que o mosquito transmissor oferece a toda população.

Este mutirão foi realizado em conjunto com a Estratégia da Saúde da Família do bairro jardim Pioneiro através dos agentes comunitários de Saúde. Foram visitados 404 imóveis com distribuição de panfletos, remoção de depósitos e orientações, além da distribuição de sacos plásticos para lixo nos imóveis mais críticos, com solicitação de limpeza destes imóveis. Foram inspecionados 581 depósitos, com predominância dos depósitos móveis no total de 302(vasos de plantas, bebedouros de animais,), seguido de depósitos inservíveis ou lixo no total de 211 (sacolas plásticas, latas, garrafas e copos descartáveis).

Ainda foi realizado trabalho com aplicação de inseticida em todo bairro jardim Pioneiro, com o objetivo de evitar a ocorrência de novos casos. No mesmo período, esta ação se estendeu aos estabelecimentos comerciais localizados na Avenida 09 de Julho, sendo visitados 170 estabelecimentos. Foram coletadas 12 amostras de larvas do mosquito Aedes aegypti (transmissor da dengue).

No período de 26 a 30 de novembro, o mutirão esta sendo realizado pelos agentes comunitários de saúde da Estratégia de Saúde da Família Jardim Tatiane em toda área de abrangência da referida unidade de saúde. Nas próximas semanas, os trabalhos serão realizados pelas equipes das estratégias de saúde da família Vila Educacional e Culturama, atingindo assim todo o município.

O trabalho dos Agentes de Saúde tem sido constante, com visitas regulares as residências, estabelecimentos comerciais e terrenos baldios. É importante ressaltar que o combate a dengue não se limita ao período chuvoso, mas se estende a todo ano. Afinal, “Dengue se combate todo dia”.

Portanto, é necessário o envolvimento da população, seguindo estas recomendações: Não deixem a água, mesmo limpa ficar parada em qualquer tipo de recipiente como garrafas, pneus, pratos de vasos de plantas e xaxins, bacias, copinhos descartáveis, cascas de ovos, bebedouros de animais, e outros objetos que acumulem água. Caixas d, tambores, e outros depósitos de água devem ser bem tampados.

Outros cuidados importantes são recomendados como lavar bem os pratos de plantas e xaxins, passando um uma bucha para eliminar completamente os ovos dos mosquitos. Uma boa solução é trocar a água por areia nos pratinhos. Limpe as calhas e as lajes das casas, lave os bebedouros de aves e animais com uma escova ou bucha, e troque a água pelo menos uma vez uma semana. Guarde as garrafas vazias de boca para baixo. Joguem no lixo copos descartáveis, tampinhas de garrafas, latas e tudo o que acumula água. Mas atenção: o lixo deve ficar o tempo todo fechado.

A dengue é uma doença febril, causada por vírus, através da picada do mosquito Aedes aegypti infectado. Pode ser considerada suspeita de dengue, a pessoa que apresentar: Febre, geralmente alta, com duração inferior a sete dias, acompanhada de pelo menos dos seguintes sintomas: cefaléia (dor de cabeça), dor retro-orbitária (dor no fundo dos olhos), mialgia (dores musculares), artralgia (dor nas articulações, prostração e exantema (manchas vermelhas).

A pessoa com dengue deve ficar em repouso, beber muito líquido e só usar medicamento para aliviar as dores e a febre, mas sempre com indicação médica. Não pode tomar remédios à base de ácido acetil salicílico, como Aspirina e AAS.

É importante que toda pessoa que apresente os sintomas, procure atendimento na Unidade de Saúde imediatamente, pois somente com o conhecimento dos casos é possível adotar as medidas de controle e prevenção de novos casos e principalmente evitar complicações.

As Equipes de Saúde da Família estão capacitadas para atender os casos suspeitos e tomar as devidas providências.

A Secretaria Municipal de Saúde coloca-se a disposição para quaisquer dúvidas ou maiores informações e desde já agradece a população pela parceria em mais essa empreitada.