Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 28 de Novembro de 2021

Sidrolandia

Se atenderem decisão do Sindicato, bancários de Sidrolândia entram em greve a partir do dia 19

A categoria que tem o dia primeiro de setembro como data base, pede um aumento real de 5% acima da taxa da inflação.

Flávio Paes/Região News

13 de Setembro de 2013 - 08:20

Caso acompanhem a decisão tomada ontem à noite pelo Sindicato dos Bancários de Campo Grande, a que estão vinculados, os funcionários das cinco agências bancárias de Sidrolândia vão entrar em greve na próxima quinta-feira, dia 19. A greve foi aprovada numa assembleia realizada ontem à noite com a presença de 90 trabalhadores. A categoria que tem o dia primeiro de setembro como data base, pede um aumento real de 5% acima da taxa da inflação.

De acordo com o Sindicato, a Fenaban (Federação Nacional dos Bancos), ofereceu um aumento de 6,1 %, próximo dos 6,08% da inflação, e por conta disso a categoria afirma que não teria reajuste real algum. Hoje o piso salarial de um bancário é de R$ 1.600, com a proposta da Fenaban, o valor passaria a R$ 1.700. Já com o reajuste de 5% reivindicada pela categoria, o salário passaria para R$ 1.800.

A deliberação por greve é válida para Campo Grande, Sidrolândia e outras 25 cidades vinculadas a entidade sindical sediada na capital. Entre os municípios estão Alcinópolis, Anastácio, Aquidauana, Bandeirantes, Bodoquena, Bonito, Camapuã, Campo Grande, Chapadão do Sul, Costa Rica, Coxim, Corguinho, Dois irmãos do Buriti, Figueirão, Guia Lopes da Laguna, Jaraguari, Jardim, Miranda, Nioaque, Pedro Gomes, Ribas do Rio Pardo, Rio Verde de Mato Grosso, Rio Negro, Rochedo, São Gabriel do Oeste, Sonora e Terenos,

De acordo com a presidente da entidade, Iacir Azamor Torres, estão programadas para a próxima semana assembleias de outros sindicatos quando também vão decidir se entrarão em greve.