Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 6 de Julho de 2022

Sidrolandia

Sede da Receita Federal inaugura novas instalações

A recepção aos convidados foi feita pelo inspetor-chefe de Ponta Porã, Marcelo Rodrigues de Brito.

Correio do Estado

10 de Novembro de 2015 - 16:32

Com a presença de autoridades civis e militares foi inaugurada nesta quinta-feira (5), as novas instalações da sede da Receita Federal em Ponta Porã. A solenidade ocorreu na frente das instalações e depois os convidados foram recepcionados no piso superior com um coquetel e apresentações artísticas com servidores da própria instituição.

A recepção aos convidados foi feita pelo inspetor-chefe de Ponta Porã, Marcelo Rodrigues de Brito. O secretário municipal de Administração, Paulo Roberto da Silva (Paulinho do PT), representou o prefeito Ludimar Novais durante o ato. Também estiveram presentes os secretários municipais Denize Oliveira (Educação), Ulisses Alcarás (Segurança Pública) e Ádria Cristina (Assistência Social).

Durante pronunciamento, José Oleskovicz, superintendente da 1ª região fiscal da Receita Federal, em Brasília, fez questão de destacar a parceria que a Receita Federal mantém com a Prefeitura Municipal, através do prefeito Ludimar Novais. 

“Quero agradecer pela parceria da Prefeitura de Ponta Porã que muito colabora na concretização desse projeto que é de interesse público. A luta agora será conseguir um terreno maior para implantar um novo local para atender os despachos aduaneiros”, disse.

Oleskovicz fez breve relato da história da Receita Federal na fronteira. “A Receita chegou aqui em 1927; já em 1976 foi elevada a categoria de inspetoria de alfândega, sendo que o prédio que hoje está recebendo essa grande reforma foi inaugurado no ano de 1980. Com os investimentos, os servidores terão um local melhor para trabalhar e poderão prestar serviços de qualidade para a nossa população”, afirmou.

Já o inspetor-chefe da Receita Federal em Ponta Porã, Marcelo Rodrigues de Brito, disse que a entrega da reforma é motivo de festa. Destacou que o projeto previa inicialmente investimentos da ordem de R$ 7,8 milhões, mas foram feitos aditivos para melhorar ainda mais o prédio, sendo que ao final o projeto custou R$ 11 milhões.