Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 18 de Julho de 2024

Sidrolandia

Senai atrai centenas de candidatos ao processo seletivo de aprendizagem industrial

1,7 mil jovens fizeram as provas em Campo Grande, Dourados, Naviraí, Nova Andradina, Sidrolândia e Três Lagoas para nove cursos gratuitos

Daniel Pedra

19 de Julho de 2010 - 07:14

Senai atrai centenas de candidatos ao processo seletivo de aprendizagem industrial
Senai atrai centenas de candidatos ao processo seletivo de aprendizagem industrial - Foto: Daniel Pedra

Apesar das baixas temperaturas registradas em todo o Estado, o Senai atraiu na tarde deste domingo (18/07) centenas de candidatos Campo Grande, Dourados, Naviraí, Nova Andradina, Sidrolândia e Três Lagoas para participar do processo seletivo dos cursos gratuitos na modalidade de aprendizagem industrial. No total, 1.698 jovens disputaram 540 vagas em um dos nove cursos distribuídos pelas seis cidades citadas.

As provas aplicadas, às 13 horas, escolheram os candidatos para os cursos de assistente administrativo industrial, assistente de produção industrial, costureiro industrial, mecânico de manutenção de automóveis, mecânico de manutenção industrial, operador de processos industriais de curtimento de couro, eletricista de manutenção industrial, operador de processos industriais de carnes e derivados e eletricista de instalações prediais de baixa tensão.

Segundo o gerente de Educação e Desenvolvimento Tecnológico do Senai, Jesner Escandolhero, os gabaritos das avaliações serão divulgados nesta segunda-feira (19/07), no portal da Fiems (www.fiems.org.br) e nas respectivas unidades operacionais. “A relação dos aprovados será afixada nos murais dessas seis unidades e postada no portal da Fiems no dia 30 de julho, sendo que as matrículas deverão ser efetuadas de 2 a/> 13 de agosto”, informou, completando que as vagas remanescentes serão preenchidas pelos candidatos aprovados suplentes e as aulas terão início no dia 16 de agosto.

De acordo com ele, os candidatos foram avaliados nas disciplinas de Língua Portuguesa, Matemática e Ciências, sendo considerado como critério de desempate o maior aproveitamento na prova de Língua Portuguesa e depois na de Matemática. Ele informou que a aprendizagem industrial é um processo de formação profissional que visa proporcionar ao aprendiz as competências fundamentais para sua inserção no mercado de trabalho industrial como um trabalhador qualificado.

Expectativa

Pai de quatro filhos, o pedreiro Aparecido Padilha levantou cedo para garantir que o filho Estefânio Sobrinho Padilha, de 16 anos, não perdesse a prova e, ambos, foram os primeiros a chegar à FatecSenai Campo Grande às 11 horas deste domingo. “Depois que eu conheci o Senai, tentei entrar, mas já estava velho, agora quero muito que meu filho esteja entre os alunos daqui. Acredito que esta é a porta de entrada para um futuro de estudos e de sucesso na profissão porque nós não temos condições de arcar com uma faculdade e daqui ele já sai especialista”, disse. 

Concordando com o pai, o adolescente, que cursa o 1º ano do Ensino Médio, conta que quer fazer carreira na área administrativa no setor industrial e vê no Senai a grande chance de realizar o sonho. “Quero trabalhar num frigorífico, como por exemplo o JBS. Quero entrar como aprendiz e ser um dos gerentes”, contou. 

Também animados os irmãos Cristina Oliveira Bom, de 21 anos, e Carlos Augusto Oliveira Bom, de 22 anos, estavam entre as centenas de candidatos a procura da sala em que fariam a prova. Ela prestou as provas para o curso de Assistente de Produção Industrial e ele sonha em ser aluno da turma de Mecânico de Manutenção.

“Já terminei o Ensino Médio e ainda não comecei uma faculdade, acredito que este curso do Senai vai ajudar a conseguir um trabalho na área administrativa, como vai me oferecer condições para que eu continue estudando”, disse Cristina Bom. “Eu também terminei os estudos e acredito que este curso do Senai vai me ajudar a conseguir um trabalho numa área que eu gosto muito que é a mecânica e, além disso, com o diploma do Senai você tem a possibilidade de começar nas melhores empresas como uma grande concessionária. Nesse tipo de empresas eles sempre querem quem tem diploma do Senai”, contou Carlos augusto Oliveira Bom.

Letícia Cruz Ortega, de 17 anos, conversava animada com a mãe na entrada da FatecSenai em Campo Grande. A/> mãe, a dona de casa Cleide Cruz Ortega, conta que sempre tem a preocupação de acompanhar as duas filhas nos compromissos. “Gosto de saber exatamente o que estão fazendo e onde estão indo e hoje é um dia importante pra ela por isso vou acompanhá-la até o fim do desafio, torcendo e apoiando esta escolha dela que com certeza vai trazer um futuro de oportunidades para ela”, disse.

Letícia Ortega explicou que conheceu o Senai quando uma prima entrou num curso de aprendizagem industrial e se surpreendeu quando as portas do mercado de trabalho nunca pararam de se abrir para ela. “Eu estudei bastante para esta prova, porque quero muito entrar no Senai. Sei, pelo que vejo acontecendo com minha prima Luana, que as melhores oportunidades vão aparecer e com o diploma do Senai sempre estarei entre os escolhidos pelas empresas, não vejo a hora disso acontecer”, contou, acrescentando que quer fazer carreira na área de administração.