Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 22 de Setembro de 2021

Sidrolandia

Senar/MS capacita com curso para utilização do couro

A capacitação do Senar ensina aos participantes, a confecção de utensílios feitos do couro bovino, de uso comum em fazendas de todo o Estado.

Assessoria

06 de Setembro de 2013 - 17:00

O que seria descartado, pode se tornar matéria-prima valiosa para a confecção de peças rentáveis. O couro bovino e suas formas de aproveitamento é o tema da capacitação ‘Preparo e Utilização do Couro’, desenvolvido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/MS – Sistema Famasul), que será realizado entre os dias 09 e 13 de setembro, no Sindicato Rural Porto Murtinho.

Segundo o instrutor do Senar, Marcelo Godoy, o couro bovino não é aproveitado por muitos produtores, sendo muitas vezes descartado e aquilo que pode ser encontrado até mesmo de graça, quando aproveitado, pode gerar ganho de até R$ 1.300 ao mês. “Dependendo da região, o couro bovino vale de R$ 40 a R$ 80. Em muitos municípios de Mato Grosso do Sul, não há valorização e ele sai até de graça, mas após tratado e transformado em peças, gera uma boa renda”, explica.

A capacitação do Senar ensina aos participantes, a confecção de utensílios feitos do couro bovino, de uso comum em fazendas de todo o Estado. O processo começa com limpeza do couro do animal, muitas vezes sujo de gordura e com marcas de arame. Após essa etapa, o couro deve ficar esticado. O próximo passo é a preparação. O couro passa por um processo de corte em que os tentos do animal (tira do couro), são retirados e tratados para em seguida serem utilizados na confecção de utensílios.

Por meio do aproveitamento do couro bovino, utensílios em forma de trança como cabos, rédeas, cabeçada, laço bucal e chicote e em forma de tira, como peitoral e rédeas podem ser confeccionados. “O que é passado aos trabalhadores que participam do curso é a importância da valorização do couro e a possibilidade de aproveitamento, que pode ajudá-los na renda mensal”, relata.

O curso acontece no Clube de Laço da cidade e mais informações podem ser obtidas no Sindicato Rural de Porto Murtinho, pelo telefone (67) 3287-1334. Para conhecer a agenda de cursos do Senar, acese o www.senarms.org.br ou curta a página Facebook/senarmatogrossodosul.

Sobre o Sistema Famasul – O Sistema Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS) é um conjunto de entidades que dão suporte para o desenvolvimento sustentável do agronegócio e representam os interesses dos produtores rurais de Mato Grosso do Sul. É formado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Fundação Educacional para o Desenvolvimento Rural (Funar), Associação dos Produtores de Soja (Aprosoja/MS) e pelos sindicatos rurais do Estado.

O Sistema Famasul é uma das 27 entidades sindicais que integram a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). Como representante do homem do campo, põe seu corpo técnico a serviço da competitividade da agropecuária, da segurança jurídica e da valorização do homem do campo. O produtor rural sustenta a cadeia do agronegócio, respondendo diretamente por 17% do PIB sul-mato-grossense.