Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 8 de Dezembro de 2021

Sidrolandia

Senar/MS debate práticas sustentáveis nas propriedades rurais

Através da capacitação, os participantes têm um panorama de quanto o uso dos recursos de cada propriedade influencia globalmente.

Famasul

01 de Outubro de 2013 - 10:40

A Lei da Educação Ambiental (Lei Nº 9.795), propondo a construção de uma sociedade sustentável no Brasil, foi instituída no País em 1999. A legislação assinala que a educação voltada para preservação e conservação do ambiente deve ser articulada em todos os níveis do processo educativo.

Mato Grosso do Sul apresenta nos últimos anos crescentes recordes de produção de grãos em diversos segmentos. Como cuidar da propriedade rural e alavancar a produção sem comprometer os recursos naturais disponíveis? Para ajudar nesta equação, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/MS – Sistema Famasul) oferece o curso de Educação Ambiental no Campo, que será ministrado nos dias 1º e 2 de outubro em Paranaíba.

Na capacitação serão debatidos temas a respeito do bom manejo e práticas de conservação. “A capacitação informa os produtores e trabalhadores rurais acerca de como podem utilizar os recursos de suas propriedades de forma sustentável”, destaca o instrutor do Senar, Laurindo Petelinkar.

Através da capacitação, os participantes têm um panorama de quanto o uso dos recursos de cada propriedade influencia globalmente. “O objetivo é adoção de atitudes responsáveis de preservação e conservação de áreas. Nós escolhemos a propriedade rural de um dos participantes para avaliação de como o solo e a água são usados e qual a destinação do lixo e de resíduos”, explica Petelinkar.

O instrutor do Senar complementa que através da avaliação da propriedade rural é traçado um panorama de gestão ambiental aos participantes. “A propriedade como empresa tem setores a serem administrados. Através da avaliação da gestão dos recursos disponíveis é feito um diagnóstico sobre como eles vêm sendo utilizados e proposto um plano de ações que podem ajudar a melhorar o ambiente dentro da propriedade”, aponta.

Petelinkar ressalta que atualmente o consumidor está mais consciente e quer saber como o produto foi elaborado. “A população está mais rigorosa na hora de consumir. Se o produtor cuida bem dos recursos que utiliza, certamente pode ser um exemplo de preservação e ainda produzir mais“, conclui.

Conheça os cursos oferecidos pelo Senar no mês de outubro através do site www.senarms.org.br, pela mídia social Facebook facebook.com/senarms ou no telefone 3320-9700.

Sobre o Sistema Famasul – O Sistema Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS) é um conjunto de entidades que dão suporte para o desenvolvimento sustentável do agronegócio e representam os interesses dos produtores rurais de Mato Grosso do Sul. É formado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Fundação Educacional para o Desenvolvimento Rural (Funar), Associação dos Produtores de Soja (Aprosoja/MS) e pelos sindicatos rurais do Estado.

Sobre o Sistema - O Sistema Famasul é uma das 27 entidades sindicais que integram a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). Como representante do homem do campo, põe seu corpo técnico a serviço da competitividade da agropecuária, da segurança jurídica e da valorização do homem do campo. O produtor rural sustenta a cadeia do agronegócio, respondendo diretamente por 17% do PIB sul-mato-grossense.