Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 21 de Outubro de 2021

Sidrolandia

Sindicalistas de Campo Grande sofrem processo disciplinar

A paralisação entrou hoje no décimo dia e acontece em um período de alta incidência de dengue.

Campo Grande News

13 de Janeiro de 2011 - 11:32

Além da convocação pela Prefeitura de 355 agentes de saúde e de controle de epidemiologia, o Procurador-Geral do Município em exercício, Marcelino Pereira dos Santos, instaurou três processos disciplinares contra agentes. Os três servidores com processos instaurados estão à frente do sindicato responsável pelo movimento grevista.

A paralisação entrou hoje no décimo dia e acontece em um período de alta incidência de dengue.

Os processos administrativos são contra o presidente do sindicato, Amado Cheikh, contra o sindicalista Ivar Guilherme Zanette e Paulo Cesar Ribeiro.

A condução dos processos será feita por Renato Candido Viana, José Roberto Nunes Rodrigues e Éderson Aparecido Barros Rodrigues. Renato presidirá as três comissões.

As resoluções da PGM não falam de greve, mas de “irregularidades funcionais”. A Prefeitura já anunciou que irá cortar o ponto dos grevistas. O prefeito Nelson Trad Filho diz que não irá negociar com os agentes enquanto eles estiverem parados.