Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 26 de Outubro de 2021

Sidrolandia

Sindicato diz que pode faltar dinheiro nos caixas eletrônicos se greve persistir

A agência do Banco do Brasil da avenida Afonso Pena que tem dez caixas eletrônicos, só tem quatro funcionando.

Midiamax

24 de Setembro de 2013 - 16:55

Durante protesto unificado das greves dos Correios e dos bancários, realizado na tarde desta terça-feira (24), no centro de Campo Grande, a presidente do Sindicato dos Bancários de Campo Grande e Região, Iaci Azamor, declarou que se não houver negociação e a greve persistir, pode faltar dinheiro nos caixas eletrônicos dos bancos.

A agência do Banco do Brasil da avenida Afonso Pena que tem dez caixas eletrônicos, só tem quatro funcionando. Na região de Campo Grande já são 1.600 funcionários em greve. Iaci reclamou da única proposta, chamada por ela de indecente, feita até agora para os grevistas pela Fenaban (Federação Nacional dos Bancos), que quer apenas repor a inflação. A presidente reivinidicou principalmente o fim das demissões e da troca de funcionários por terceirizados ou funcionários mais novos.

O ato unificado dos grevistas dos bancos e dos Correios segue acontecendo pela avenida Afonso Pena. Em seguida, os manifestantes vão até a rua 14 de julho, depois passarão pela Cândido Mariano, 13 de maio e encerrarão o protesto na Barão do Rio Branco, em frente à agência do banco Itaú. De acordo com Iaci, a agência é uma das que mais dificulta as negociações e que mais demite funcionários.

Conversa

A Fenaban marcou reunião com a Contraf (Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro) em São Paulo, na tarde desta quinta-feira (26), para avaliar a greve. Há possibilidade de que uma nova proposta seja apresentada pela Fenaban.