Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 4 de Dezembro de 2021

Sidrolandia

Só 44% dos eleitores fazem cadastro biométrico e maioria pode ficar sem votar

Em 2012, foram recadastrados 56.193 eleitores de Camapuã, Jateí, Ribas do Rio Pardo, Sidrolândia e Vicentina.

Campo Grande News

25 de Setembro de 2013 - 16:10

A nove dias do fim do prazo para o recadastramento biométrico, o baixo comparecimento dos eleitores, em torno de 44%, preocupa o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) de Mato Grosso do Sul. Quem não regularizar a situação até o dia 4 de outubro terá o título de eleitor cancelado e não poderá votar nas eleições de 2014.

Nesta etapa do processo, que teve início no dia 2 de setembro, eleitores de dois municípios do Estado devem fazer o recadastramento - 5.815 em Bandeirantes, onde 53,2% já regularizam a situação com o TRE, e 5.519 em Jaraguari, onde o comparecimento foi ainda menor, e 35,1% dos eleitores se recadastraram.

Sem o cadastro biométrico, os eleitores não poderão votar e, por isso, não poderão se inscrever ou tomar posse do cargo em concursos públicos, tirar passaporte ou RG, fazer ou renovar matrícula em universidades e escolas públicas, entre outras sanções.

Para o TRE, os eleitores estão deixando para última hora e, além de enfrentarem filas, correm o risco de o sistema, que é todo informatizado, ficar sobrecarregado e atrasar o processo. “Quem mora em Campo Grande, por exemplo, mas manteve o título em uma das duas cidades, vai protelando, e a dor de cabeça vai ser maior”, acredita a gerente de projetos da Biometria 2013 do TER-MS, Luciana Alencar.

Atendimento - O TRE trabalha em regime de urgência, e os postos de atendimento funcionam, inclusive, aos finais de semana. Aos sábados e domingos, o horário é da 7h30 às 13h30 e, de segunda a sexta-feira, das 8h às 15h. Eleitores de assentamentos e zona rural contam com ônibus para fazer o transporte até os postos.

Em Jaraguari, o eleitor deve procurar a Câmara Municipal, na rua José Serafin Ribeiro, 241. No município de Bandeirantes, o serviço será oferecido no Cartório Eleitoral, rua Arthur Bernardes, 4032.

Nas eleições de 2008, o município de Fátima do Sul foi escolhido para participar do projeto piloto das urnas biométricas. Em 2012, foram recadastrados 56.193 eleitores de Camapuã, Jateí, Ribas do Rio Pardo, Sidrolândia e Vicentina.