Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 22 de Outubro de 2020

Sidrolandia

Temporal com ventos de até 130 km/h causa estragos em Sete Quedas

A quadra de esportes da Escola Municipal Inácio de Castro, situada na região do Conjunto Habitacional Iporã teve parte da cobertura destruída pela força do vendaval.

A Gazeta News

27 de Outubro de 2012 - 08:21


Um vendaval seguido de chuva forte provocou queda de árvores e vários estragos na tarde dessa sexta-feira (26) em Sete Quedas, na fronteira com o Paraguai. Foram registradas rajadas de vento de 138 km/h.

Galhos de árvores despencou sobre pelo menos três veículos que estavam estacionados. A quadra de esportes da Escola Municipal Inácio de Castro, situada na região do Conjunto Habitacional Iporã teve parte da cobertura destruída pela força do vendaval.

Um jantar em comemoração ao “Dia do Professor” estava marcado para acontecer na noite desta sexta-feira na quadra da escola foi transferido para o Centro de Convivência do Idoso local.

Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura de Sete Quedas, duas tendas particulares que haviam sido armadas no local, bem como o equipamento de som contratado para o evento também foram danificadas pela tempestade.

A força do vento também destruiu por completo uma casa em uma área de ocupação irregular na linha internacional, na faixa que separa Brasil e Paraguai.

Ainda de acordo com a Climatempo, entre 16h e 17h choveu quase 25 mm, quantidade considerada elevada para o intervalo de tempo de 1 hora.

O temporal também derrubou eucaliptos, interrompendo parcialmente o trânsito na rodovia MS-160, trecho que liga Sete Quedas a Tacuru, próximo a Fecularia Pilão, nas proximidades da cidade e logo a frente, na altura do Posto de Controle da Iagro, pelo menos três outras árvores caíram, porém sem provocarem maiores estragos.

Segundo o assessor de comunicações da Prefeitura local, a região da cidade mais atingida pelo temporal, que durou poucos minutos foi justamente a região da saída para Tacuru.

O calor intenso e a disponibilidade de umidade no ar foi o que gerou as grandes nuvens que provocaram o temporal em Sete Quedas. O Estado de Mato Grosso do Sul vem tendo dias muito quentes no decorrer da semana. O calor intenso é comum nesta época, mas nesta sexta-feira, os termômetros em Corumbá, na fronteira com a Bolívia, marcaram 40,5ºC.

A maioria das áreas do Estado registrou temperaturas de 36ºC a 38ºC na tarde de hoje. O calor deve se manter pelo menos até a próxima terça-feira no Estado. A tendência é de aumento do calor, com redução da umidade e da chuva.