Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 17 de Outubro de 2021

Sidrolandia

Temporal em Campo Grande provoca caos e assusta moradores

De acordo com o Centro Meteorológico do Aeroporto de Campo Grande, em pouco mais de uma hora choveu cerca de 28 milímetros.

TV Morena

07 de Janeiro de 2011 - 09:41

O Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops) registrou 75 atendimentos na tarde desta quinta-feira (6) em Campo Grande, em razão da pancada de chuva que atingiu a cidade após às 15 horas.

Foram 33 chamados em razão de alagamentos, 35 para corte de árvores, 5 para socorro a pessoas que estavam dentro de veículos que estavam sendo arrastados pela água e dois de acidentes de trânsito.

De acordo com o Centro Meteorológico do Aeroporto de Campo Grande, em pouco mais de uma hora choveu cerca de 28 milímetros.

A concessionária de energia elétrica, Enersul, recebeu neste período 170 chamadas, sendo 74 por falta de falta de energia, provocadas, entre outros fatores, pela queda de árvores sobre a fiação. Também dois alimentadores do sistema se partiram, em ocorrências que já foram solucionada pela empresa, que está com suas equipes atendendo as chamadas pontuais.

Entre as principais consequências da chuva estiveram o alagamento do Pronto-Socorro da Santa Casa, do prédio da Cepol, atingindo as delegacias especializadas de Homicídios e de Atendimento à Infância e Juventude (Deaij), a destruição da cobertura asfáltica na Avenida Rachid Neder, no bairro São Francisco e alagamento da Estação Rodoviária, do Horto Florestal e de diversas casas em bairros como a Vila Progresso, Guanandi II, Jockey Clube, e no centro da cidade, entre outros.