Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 20 de Julho de 2024

Sidrolandia

Timão massacra Comercial por 6x0 em amistoso no Morenão

A equipe da casa cometeu vários erros na defesa e parece amargou azar, pois um gol marcado por Memé no segundo tempo não foi aceito pela arbitragem

Campo Grande news

08 de Julho de 2010 - 07:05

Independente de ser apenas um amistoso, o Corinthians não deu trégua ao Comercial e massacrou a equipe por 6 a 0, na noite de ontem (07), no estádio Morenão, em Campo Grande. Os gols do Timão foram marcados por Chicão, no fim do primeiro tempo; Defederico, Leandro Castelli, dois de William e um de Souza na segunda etapa.

A equipe da casa cometeu vários erros na defesa e parece amargou azar, pois um gol marcado por Memé no segundo tempo não foi aceito pela arbitragem. No entanto, um dos grandes destaques da partida foi o goleiro Rodolfo, que fez várias defesas.

Antes do início da partida, o árbitro Manoel Paixão, que apitou o jogo, foi homenageado pelos jogadores. Seu legado é vasto e reconhecido, até porque já apitou vários jogos do Campeonato Brasileiro e pertence ao quadro de árbitros da FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul).

A equipe do Esporte Clube Comercial, o “Saci da Vila”, também foi homenageada com faixas de campeão estadual.

O Comercial passou a tarde de hoje concentrado no Tênis Clube, saída para Rochedo, com a vitória sobre o Corinthians em mente. O elenco do professor Amarildo Carvalho teve cinco reforços. Dois deles vieram do rival Operário: o goleiro Airton e o zagueiro Fabão.

Em seu último jogo, o Comercial ganhou o título estadual e fez com que quase 20 mil torcedores tornassem o Morenão vermelho. Hoje, em amistoso contra o Corinthians, o objetivo era o mesmo, mas parece que a equipe não esteve tão entrosada devido à nova formação do elenco.

Mesmo desconhecendo a formação do Comercial antes da partida, o técnico Mano Menezes garantiu que estudou o estilo de jogo do time comandado por Amarildo. “Estudei como o time joga. É rotina no nosso trabalho pesquisar como jogam nossos adversários para passar as informações aos jogadores”, admitiu o treinador.