Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 25 de Maio de 2022

Sidrolandia

Tio que manteve jovem refém em motel foi ouvido pela polícia e liberado

Segundo informações da polícia, a equipe do BPChoque (Batalhão de Polícia de Choque) foi acionada para ir até o motel, onde estava uma equipe do 10º BPM.

Midiamax

12 de Novembro de 2015 - 13:47

O homem de 47 anos, que manteve a sobrinha de 27 anos refém em um motel da Capital, na noite de quarta-feira (11), foi ouvido pela polícia e liberado em seguida. O caso ocorreu no motel, localizado na Avenida Marechal Deodoro, no Jardim Tijuca, e equipes policiais precisaram negociar para que o tio se rendesse.

De acordo com o delegado Hoffman D'Ávila, da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga, que estava de plantão no momento em que o homem de 47 anos foi encaminhado para a delegacia, ele ouviu o suspeito e o liberou. Ainda segundo o delegado, o homem estava sob efeito de drogas e não foi autuado ou indiciado por qualquer crime.

Refém

Segundo informações da polícia, a equipe do BPChoque (Batalhão de Polícia de Choque) foi acionada para ir até o motel, onde estava uma equipe do 10º BPM (Batalhão da Polícia Militar) do Pelotão Jockey Clube, que informou sobre o ocorrido.

No local, de acordo com os militares, houve uma ocorrência de vias de fato e possível surto em um dos quartos. Ainda segundo a polícia, o homem de 47 anos estava com um casco de garrafa quebrado em mãos e não deixava os policiais entrarem no quarto. Além disso, o suspeito se negava a sair e mantinha uma jovem refém.

A equipe do Choque foi até o quarto e encontrou o homem abraçado na sobrinha, de 27 anos, com a garrafa quebrada em mãos. Os policiais iniciaram negociação e o suspeito se rendeu. Ele foi encaminhado para a Depac e o caso foi registrado pelo BPChoque como averiguação em chamada para atendimento.