Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 18 de Janeiro de 2021

Sidrolandia

Tudo pronto para o show de Conrado e Aleksandro em Sidrolândia

Além de Conrado e Aleksandro, atrações como Ítalo Fernandes e DJ Marcelo Nova, farão da balada sertaneja um point de variados hits.

Marcos Tomé/Região News

10 de Dezembro de 2012 - 16:40

Foto: Emmileny Monteiro/Região News

Os sertanejos Conrado e Aleksando já estão em Sidrolândia para o show de logo mais, a partir das 23 horas, no parque de exposições Waldomiro João Comparim em comemoração aos 59 anos de emancipação politico-administrativo do município. O evento é organizado pelo promoter Felipe Feitosa.

Além de Conrado e Aleksandro, atrações como Ítalo Fernandes e DJ Marcelo Nova, farão da balada sertaneja um point de variados hits. Os convites estão a vendas nos postos autorizados ainda com preço promocional de antecipado em lotes diferenciados.

Até às 18 horas os convites custarão R$ 25,00, após este horário e havendo o término dos lotes colocados à venda nos postos autorizados, os ingressos passarão a valer R$ 30,00 na bilheteria. Felipe Feitosa informou que todos os camarotes colocados à venda, se esgotaram.

A dupla

Conrado é natural de Barretos, cidade do interior paulista e a paixão pela música sertaneja vem de criança, além da viola, também toca acordeom, violão e possui um grande talento em tocar gaita de boca.

Já o douradense Aleksandro, apresentou gosto pela música aos seis anos, quando já brincava com um violão que seu pai tinha em casa. Aos 11 anos de idade ganhou um violão e em seguida uma viola, demonstrando grande facilidade com estes instrumentos.

Os dois se conheceram em 2003, após Conrado trocar Barretos por Dourados, e resolveram formar a dupla Conrado e Aleksandro, desde então começaram a se apresentar em pequenos eventos e rádios da cidade e região.

Em meados de 2005 resolveram gravar um CD demo, mas devido aos compromissos com estudos, o sonho de ambos foi adiado por alguns anos. A confirmação da dupla foi em 2009, quando conseguiram seguir a carreira artística.