Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 24 de Julho de 2024

Sidrolandia

TV digital deve ficar acessível às classes D e E

Governo estuda diminuir custo de conversor para classes D e E

Portal Educação

22 de Julho de 2010 - 09:14

TV digital deve ficar acessível às classes D e E
TV digital deve ficar acess - Divulga

Os conversores de TV digital devem ter seus custos diminuídos, isso porque representantes do governo e da iniciativa privada iniciaram estudos para baratear o preço. Existe possibilidade de não haver incentivos fiscais nos conversores, como redução do Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins).

Hoje a população D e E representa 30% dos brasileiros (cerca de 16 milhões de famílias de um total de 54 milhões), afirmou o assessor especial da Presidência da República para a Área de Políticas Públicas em Comunicação, André Barbosa.

Nas propostas apresentadas pelo conselho deliberativo do Fórum do Sistema Brasileiro de Televisão Digital está a ampliação das linhas de crédito para aquisição do equipamento, na Caixa Econômica Federal e no Banco do Brasil, com planos cujas prestações fiquem em torno de R$ 17 por mês. Em seis meses a proposta deve estar pronta. “Se o fator preço for levado em consideração de forma acessível, a migração será mais rápida”, afirma o tutor do Portal Educação, Renato de Brito Nicodemos.

A TV digital tem como objetivo melhorar a imagem que chega até as residências, bem como fornecer um som de qualidade. Além disso, os telespectadores poderão ter acesso aos serviços de interatividade dos mais variados, como, por exemplo, marcação de consultas médicas em órgãos públicos, educação a distância e compra de produtos.

De acordo com o decreto presidencial, o ano de 2013 será o marco para tornar obrigatória a cobertura da TV digital em todo país. Ainda segundo o documento, em 2016, o atual sistema analógico será extinto. No início desse ano, já se tornou obrigatório, que as empresas de televisores de 32 polegadas, produzem aparelhos com conversores embutidos à TV.