Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 24 de Junho de 2021

Sidrolandia

Universidade Federal de Mato Grosso do Sul abre 2,5 mil vagas para portadores de diploma

Para se inscrever no processo seletivo, o candidato deve ter diploma registrado de Curso Superior de graduação, reconhecido pelo Ministério de Educação (MEC)

Correio do Estado

09 de Janeiro de 2015 - 07:08

Portadores de diploma podem concorrer a uma das 2.597 vagas de cursos superiores ofertadas pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), no campus da Capital e nos municípios de Aquidauana, Corumbá, Ponta Porã, Chapadão do Sul, Coxim, Paranaíba, Nova Andradina, Naviraí e Três Lagoas. As inscrições podem ser feitas até o dia 21 de janeiro e o resultado será divulgado no dia 6 de fevereiro. Já para quem for selecionado, as aulas terão início neste primeiro semestre. 

Entre os cursos que mais oferecem vagas estão o de Ciência da Computação, com 138 vagas em Ponta Porã; Ciências Sociais, 136 vagas em Naviraí; matemática (Licenciatura), 119 vagas em Três Lagoas; e Engenharia Florestal, 99 vagas em Chapadão do Sul.

Em Campo Grande, são 804 vagas em diversos cursos, das quais 314 no Centro de Ciências Humanas e Sociais, 73 no Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, 41 na Faculdade de Computação, 211 na Faculdade de Engenharias, Arquitetura e Urbanismo e Geografia, 54 na Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, 80 no Instituto de Física, 31 no Instituto de Matemática e 78 no Instituto de Química.

Já alguns cursos concorridos como Direito e Administração só estão disponíveis em três cidades. Serão 21 vagas para Administração (Bacharel) em Três Lagoas e 10 em Campo Grande. Para o curso de Direito, só serão ofertadas 3 vagas, em Três Lagoas.

Para se inscrever no processo seletivo, o candidato deve ter diploma registrado de Curso Superior de graduação, reconhecido pelo Ministério de Educação (MEC). Está isento do pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 120 o candidato que estiver inscrito no Cadastro Único para Programas do Governo Federal (CadÚnico) ou for integrante de família baixa renda.

Os candidatos serão classificados de acordo com as notas do histórico escolar encaminhado no momento da inscrição e em caso de empate, terá preferência o candidato que, na seguinte ordem, tiver concluído o curso há mais tempo, ser maior de 18 anos, tiver maior quantidade de disciplinas cursadas e maior carga horária cumprida.