Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 20 de Janeiro de 2021

Sidrolandia

Usar celular caro em locais públicos é perigoso, alerta delegado

Aparelhos de alto valor são atrativo para assaltantes que se aproveitam da distração das pessoas

Diário Digital

07 de Agosto de 2014 - 16:04

“As pessoas precisam ter mais cuidado em ficar manuseando aparelhos de celular de alto valor em pontos de ônibus ou em lugares públicos, pois se tornam alvos fáceis para ladrões.” 

O alerta foi dado pelo delegado Fabiano Nagata, da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos, ao confirmar que esse tipo de roubo é o que mais tem aumentado no centro da Capital, pois os assaltantes têm facilidade para a venda dos aparelhos, seja em lojas clandestinas, barracas de feiras ou mesmo em bocas de fumo.

O que mais preocupa o delegado é que a maioria das pessoas atualmente não demonstra a menor preocupação em usar os celulares para se conectarem em redes sociais em locais públicos, onde não há a menor proteção.

“Pontos de ônibus que ficam em locais de pouca movimentação, principalmente os bairros e horários em que o movimento de carros é pequeno são locais preferidos por assaltantes”, afirmou Nagata.

“As mulheres e os jovens menores de idade são vítimas preferenciais desse tipo de assaltante, sendo que em muitos casos eles sequer utilizam armas para consumar o crime, valem-se unicamente da força física”, disse o delegado. Normalmente as vítimas estão distraídas com seus aparelhos e nem percebem a aproximação dos assaltantes, e isso é outra vantagem, pois sequer têm tempo de esboçar qualquer tipo de reação.

A recomendação que o policial faz para as pessoas é de que evitem usar celulares em lugares públicos e de pouca movimentação, como pontos de ônibus ou praças, especialmente quando se trata de aparelhos de alto valor.

Além disso, ao perceberem a aproximação de pessoas estranhas, em motos ou mesmo a pé, procurem não ficar paradas e, se possível, busquem locais onde haja maior aglomeração de pessoas.