Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 6 de Março de 2021

Sidrolandia

Usuário do transporte coletivo terá que comprar vale-transporte em postos de revenda

O transporte coletivo de Sidrolândia começa a funcionar em caráter experimental nesta quarta-feira com 10 linhas na área.

Flávio Paes/Região News

29 de Setembro de 2014 - 16:14

Quem quiser usar o transporte coletivo, que começa a circular na quarta-feira, dia 1º de outubro, terá de comprar vale-transporte em postos de revenda que devem ser divulgados nesta terça-feira, quando está previsto  o lançamento do serviço num ato programado para as 18 horas no Paço Municipal. Não haverá venda dentro dos ônibus onde também não se aceitará dinheiro no pagamento da tarifa de R$ 2,35.

O transporte coletivo de Sidrolândia começa a funcionar em caráter experimental nesta quarta-feira com 10 linhas na área urbana e duas para atender, a Estação Bolicho e as aldeias indígenas que concentram grande quantidade de funcionários da JBS/Seara. Num segundo momento também deve ser criada uma linha para atender o distrito de Quebra Coco.

A freqüência e os horários dos ônibus inicialmente foram definidos conforme os turnos de entrada e saída dos funcionários da JBS/Seara. Com isto, haverá coletivos circulando até o início da madrugada. No restante do dia, tudo dependerá da demanda espontânea de usuários.

Haverá itinerários que atenderão bairros localizados nos pontos extremos da cidade, desde os limites do São Bento/Paraíso/Sidrolar, até o Jardim Petrópolis, na saída para Quebra Coco, passando pelo Pé de Cedro. A tarifa será R$ 2,35, que no caso dos funcionários da Seara, que pagam 3% do salário de vale-transporte, significará um custo mensal de R$ 21,78, ou R$ 0,45 por viagem, sendo o valor complementar (R$ 1,90) subsidiado pela indústria.

Para quem trabalha em empresas onde o desconto do vale-transporte é 6%, o custo sobe para R$ 0,90, no caso de quem ganha um salário mínimo. Idosos e portadores de deficiência tem a gratuidade assegurada. O serviço está sendo criado em atendimento a pressão da JBS/Seara que com isto, espera eliminar o passivo trabalhista gerado pela cobrança na justiça das chamadas horas-extras interim, que corresponde ao período de permanência do funcionário dentro dos ônibus fretados pela empresa, na ida para o serviço e volta para casa. Hoje, em média este percurso durante 40 minutos.

LINHA 1: RUA JOÃO MARCIO FERREIRA TERRA/RUA TIRADENTES/RUA TOMÁS DA SILVA FRANÇA/ VENENO/ RUA NORIVAL LOPES MORAES/ RUA OSVALDO BORGES MORAES/RUA PROJETADA 5/ RUA DIRCE MEDEIROS PEREIRA/ RUA JOÃO GOMES/ RUA HUMBERTO M. CAMPOS/ RUA LEONCIO DE SOUZA BRITO/RUA GENEROSO PONCE/AVENIDA AROEIRA/ RUA PARANÁ/PONTA PORÃ/AVENIDA ANTERO LEMES DA SILVA/TERMINAL/ AVENIDA AQUIDABAN/ BR 060/SEARA JBS.

LINHA 2: RUA JOÃO MARCIO FERREIRA TERRA/EVARISTO ROBERTO FERREIRA/RUA ANTÔNIO CORREA DA COSTA/RUA TAMANDARÉ/  RUA GENEROSO PONCE/AVENIDA DORVALINO DOS SANTOS/BR 060/SEARA JBS.

LINHA 3: RUA JOÃO MARCIO FERREIRA TERRA/ RUA TIRADENTES/ RUA SCHOYCHI ARAKAKI/RUA EVARISTO ROBERTO FERREIRA/ RUA ANTÔNIO CORREA DA COSTA/ RUA MARQUES DE TAMANDARÉ/ RUA GENEROSO PONCE/ AVENIDA DORVALINO DOS SANTOS/ BR 060/ SEARA JBS.

LINHA 4: AVENIDA AQUIDABAN/ AVENIDA MATO GROSSO/ RUA PONTA PORÃ/RUA HÉLIO MARTINS COELHO/ RUA GUARANI/ RUA JOÃO STRALIOTTO/ RUA PROJETADA I/ RUA HUGO YULE/ RUA GUARANI/ RUA ESPÍRITO SANTO/ RUA PONTA PORÃ/ RUA PARANA/ AVENIDA AROEIRA/ AVENIDA AROEIRA RETORNO/ PONTA PORÃ/ AVENIDA ANTERO LEMES/ BR 060/ SEARA JBS.

LINHA 5: RUA JOÃO MARCIO FERREIRA TERRA/ AVENIDA MATO GROSSO/ RUA RIO DE JANEIRO/ RUA VITOR BARBOSA SOUZA/ RUA PONTA PORÃ/ RUA JOÃO REGASSO/ RUA VICENTE DE BRITO/ RUA DR. NÉLIO SARAIVA PAIM/ RUA PONTA PORÃ/ AVENIDA DORVALINO DOS SANTOS-TERMINAL/ AVENIDA DORVALINO DOS SANTOS/ AVENIDA AQUIDABAN/ BR 060/ SEARA JBS.

LINHA 6:  AVENIDA ANTERO LEMES DA SILVA/ RUA PONTA PORÃ/ RUA ANTÔNIO CORREA DA COSTA/ RUA LEONCIO DE SOUZA BRITO/ RUA AGÍLIO DOS SANTOS/ RUA OSCAR PEREIRA DE BRITO/ RUA JOÃO MARCIO FERREIRA TERRA/ RUA DORVALINO DOS SANTOS/ RUA PARAÍBA/ AVENIDA ANTERO LEMES DA SILVA/ TERMINAL/JBS.

LINHA 7:  RUA JOÃO MARCIO FERREIRA TERRA/ AVENIDA MATO GROSSO/ RUA PONTA PORÃ/ HÉLIO MARTINS COELHO/ RUA GUARANI/ RUA JOÃO STRALIOTTO/ RUA PROJETADA I/ RUA HUGO YULE/ RUA GUARANI/ RUA PONTA PORÃ/ RUA PARANÁ/ AVENIDA AROEIRA/ RUA GENEROSO PONCE/ RUA MARQUES DE TAMANDARÉ/ ANTÔNIO CORREA DA COSTA/ RUA EVARISTO ROBERTO FERREIRA/ RUA SCHOYCHI ARAKAKI/ RUA TIRANDENTES/ RUA JOÃO MARCIO/ AVENIDA DORVALINO DOS SANTOS/ AVENIDA AQUIDABAN/ AVENIDA MATO GROSSO/ RUA JOÃO MARCIO FERREIRA TERRA/ TERMINAL/JBS. 

LINHA 8: RUA JOÃO MARCIO FERREIRA TERRA/RUA LEÔNCIO DE SOUZA BRITO/RUA HUMBERTO M. CAMPOS/ RUA PRUDENTE DE MORAES/ RUA GENEROSO PONDE/ RUA DORVALINOS SANTOS/COTAG.

LINHA 9: RUA HUGO YULE/ AVENIDA MATO GROSSO/ AVENIDA AQUIDABAN/ AVENIDA ANTERO LEMES DA SILVA/ RUA JOÃO MARCIO FERREIRA TERRA/ RUA TIRADENTES/ RUA TOMAS DA SILVA FRANÇA/ RUA ANTÔNIO CORREA DA COSTA/ AVENIDA DORVALINO DOS SANTOS/COTAG. 

LINHA 10: RUA JOÃO MARCIO FERREIRA TERRA/AVENIDA ANTERO LEMES/ RUA RIO DE JANEIRO/ AVENIDA MATO GROSSO/RUA PONTA PORÂ/ RUA HÉLIO MARTINS COELHO/ RUA GUARANI/ RUA ESPÍRITO SANTO/ RUA PONTA PORÃ/ RUA PARANÁ/ RUA AROEIRA/ AVENIDA DORVALINO DOS SANTOS COTAG.