Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 20 de Julho de 2024

Sidrolandia

Veículo cai em córrego, mata pecuarista de Deodápolis e sobrinho

Segundo a perícia, como não há sinal de frenagem na pista, o condutor pode ter capotado por causa de poeira na pista

Dourados Agora

18 de Agosto de 2010 - 07:55

Acidente ocorrido nesta terça-feira, 17 de agosto, por volta das 18h30, no município de Dourados, entre o distrito de Macaúba e Porto Vilma (distrito de Deodápolis) matou tio e sobrinho, respectivamente, o pecuarista Paulo Novaes Assanuma, de 46 anos, e João Paulo de Lima Assanuma, de 25 anos. O veículo Santana de cor verde com placas DCW 0968 de Deodápolis em que estavam as vítimas caiu no córrego Laranja Azeda.

Foto: Cido CostaPessoa que passava pelo local, no sentido Porto Vilma a Macaúba, cortou o cinto e retirou o corpo de Paulo, que conduzia o veículo que virou com as rodas para cima dentro da água. O outro corpo, que ficou preso ao cinto de segurança do carro, foi retirado pelos Bombeiros de Dourados. O repórter do Douradosagora foi local em companhia do perito criminal do André Kiyoshi, da Polícia Civil de Dourados.

Segundo a perícia, como não há sinal de frenagem na pista, o condutor pode ter capotado por causa de poeira na pista. Provavelmente outro veículo seguia na frente, o que explicaria o pó levantado na estrada e que poderia ter causado o acidente na ponte sem sinalização. Conforme a polícia, ambos morreram afogados.

Os dois corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal de Dourados. Conforme a polícia, tio e sobrinho voltavam de Campo Grande para a cidade onde residiam, Deodápolis. Eles tinham levado a mãe de Paulo para o aeroporto da capital, de onde ela seguiria para o Japão. (Com informações de Cido Costa e S.Bronka)