Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 5 de Dezembro de 2021

Sidrolandia

Vinte e seis cidades de MS estão inscritas em projeto para receber médicos

No Estado, a prioridade é ampliar a oferta de profissionais em Campo Grande, Corumbá, Japorã, Mundo Novo, Paranhos, Ponta Porã, Porto Murtinho, Sete Quedas e Tacuru.

Campo Grande News

24 de Julho de 2013 - 13:30

O programa Mais Médicos, iniciativa do governo federal, recebeu a adesão de 26 das 79 cidades de Mato Grosso do Sul. Conforme o Ministério da Saúde, do total, seis são da lista dos noves considerados prioritários.

No Estado, a prioridade é ampliar a oferta de profissionais em Campo Grande, Corumbá, Japorã, Mundo Novo, Paranhos, Ponta Porã, Porto Murtinho, Sete Quedas e Tacuru.

Em todo o País o programa registrou 1.874 municípios inscritos até a última segunda-feira. O prazo termina amanhã. Todos os municípios do país podem aderir ao programa. Porém, os médicos serão encaminhados prioritariamente para municípios e regiões metropolitanas com alta vulnerabilidade social. Mato Grosso do Sul tem 1,54 médicos por mil habitantes.

O programa gerou polêmica por permitir a contratação de médicos formados no exterior sem a realização da revalidação do diploma. A situação foi criticada por diversas entidades médicas em Mato Grosso do Sul.

Segundo o ministério, será aceita a participação de médicos formados no Brasil, que terão prioridade no preenchimento das vagas, e também a de graduados em outros países, com preferência para brasileiros. Os estrangeiros só ocuparão as vagas remanescentes após a escolha destes dois grupos.