Imoveis a Venda | Classificados | Super Galeria | Videos

REDAÇÃO (67)3272-6466

Noticia de: 12 de Novembro de 2017 - 20:23

Se tempo ajudar, asfalto em acesso ao Morada da Serra termina em 30 dias

A obra, iniciada no final de julho, foi retomada na semana passada após 30 dias de paralisação, com a terraplanagem.






 

Se não chover nos próximos dias, será iniciada a etapa seguinte que prepara a base, imprimação e finalmente, aplicação do pavimento
Foto: Marcos Tomé/Região News


 
A empreiteira interrompeu o serviço porque estava com pagamentos em atraso"
 

Dentro de aproximadamente 30 dias, provavelmente dentro das comemorações dos 64 anos de emancipação político-administrativa dia 11 de dezembro, deve ser concluída a pavimentação da Rua João Straliotto, no Residencial Morada da Serra, numa extensão de 945 metros, com aproximadamente 1 quilômetro de drenagem.

A obra, iniciada no final de julho, foi retomada na semana passada após 30 dias de paralisação, com a terraplanagem. Se não chover nos próximos dias, será iniciada a etapa seguinte que prepara a base, imprimação e finalmente, aplicação do pavimento.

Os moradores enfrentaram dificuldades, porque neste período choveu bastante e a rua ficou intransitável, por valetas da drenagem que não foram fechadas e montes de aterros deixados ao longo do trecho.

A empreiteira interrompeu o serviço porque estava com pagamentos em atraso. O Governo alega que adiantou os recursos da sua contrapartida, a pedido do deputado Carlos Marun (autor da emenda parlamentar que viabilizou os recursos no Ministério das Cidades), mas o repasse da verba federal não foi liberado. Na semana passada o deputado intercedeu junto ao Ministério e a situação foi normalizada.

Obra

A Escala Engenharia, empreiteira responsável pela obra, ganhou a licitação com o orçamento de R$ 1.058,610, 87, redução de R$ 118.239,33 sobre o valor projetado pela Agesul (R$ 1.176.850,20). Com isto a contrapartida estadual caiu de R$ 190.250,20, para R$ 72.010,87, completando o recurso liberado pelo Ministério das Cidades, que foi de R$ 986.600,00, emenda do deputado federal Carlos Marun.

O projeto teve de ser redimensionado porque o Governo do Estado reduziu de 100 para 19,29% a contrapartida, que o com resultado da licitação, caiu para 7,20%. Se tivesse sido mantida a paridade prometida (de para cada real do Ministério, haveria outro real de contrapartida estadual), estariam disponíveis R$ 1.973.200,00, o que possibilitaria a pavimentação de todas as ruas do bairro.









Flávio Paes - Região News


Reportar Erros



 


 
.
BRASIL

Governo anuncia liberação de R$ 7,5 bilhões para gastos dos ministérios
MATO GROSSO DO SUL

MS é o 6º com menos desocupados ou pessoas que desejavam trabalhar mais
MATO GROSSO DO SUL

Prefeitos debatem consórcios e PPPs para gestão de resíduos
MATO GROSSO DO SUL

Servidores ainda podem se inscrever para o 2° Baile do Servidor
 
 
  • Notícias
  • + Lidas







© Regiao News - Todos os Direitos Reservados.
contato@regiaonews.com.br
+ 55 67 3272 6466
Desenvolvido por:
MD-WEBMARKETING