Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 2 de Dezembro de 2021

Economia

Aneel autoriza Enersul a fazer investimento de R$ 22,9 milhões

O procedimento de anuência é uma formalidade para que, posteriormente, os investimentos na distribuição de energia elétrica serão considerados na revisão tarifária

Campo Grande News

01 de Agosto de 2013 - 13:32

Há quase um ano sob intervenção, a Enersul (Empresa Energética de Mato Grosso do Sul) recebeu autorização da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) para investir R$ 22,9 milhões. De acordo com o despacho divulgado na edição de hoje do Diário Oficial da União, o investimento será entre 2013 e 2015.

Conforme a publicação, não cabe aos agentes credores direito de qualquer ação contra a Aneel, em decorrência de descumprimento, pela concessionária, dos seus compromissos financeiros.

O procedimento de anuência é uma formalidade para que, posteriormente, os investimentos na distribuição de energia elétrica serão considerados na revisão tarifária. A reportagem solicitou à empresa o detalhamento dos investimentos, mas não obteve resposta.

Em 2012, a Enersul registrou prejuízo de R$ 16,3 milhões, após quatro anos de resultados positivos. A empresa atende a 94,4% da população de Mato Grosso do Sul, num total de 2,4 milhões de habitantes.

No fim do ano passado, a Equatorial Energia e a CPFL anunciaram ao mercado aquisição de todas as distribuidoras do Grupo Rede, o que inclui a Enersul. A concretização da compra estava condicionada à anuência prévia da Aneel, aprovação pelo Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) e por credores.

Entretanto, no mês passado, foi firmado compromisso de compra e venda do Grupo Rede Energia e o Grupo Energisa, que surgiu em Minas Gerais e possui cinco distribuidoras no Brasil.