Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 4 de Dezembro de 2021

Economia

Aprosoja/MS apresenta dados da ocupação do solo

Semanalmente são emitidos pelo sistema relatórios com informações geográficas, climáticas e econômicas referente a produção e comercialização de soja e milho em MS

Famasul

19 de Agosto de 2013 - 10:27

A Aprosoja/MS (Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul) apresentará números atualizados da área ocupada pelo cultivo da soja, milho, algodão, arroz irrigado, cana-de-açúcar, florestas e pastagens no Estado.

Os dados são coletados meio do Siga (Sistema de Informações Geográficas de MS), que monitora via satélite o uso e a ocupação do solo do Estado. O funcionamento do Sistema será apresentado para parceiros e convidados nesta segunda-feira, na Sistema Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS).

O projeto Siga monitora a ocupação do solo do Estado desde a safra 2009/10 e passou à versão online em maio deste ano, com disponibilidade aos interessados pelo portal http://sigaweb.aprosojams.org.br.

Semanalmente são emitidos pelo sistema relatórios com informações geográficas, climáticas e econômicas referente a produção e comercialização de soja e milho em MS. É pelo Sistema que as safras de soja e milho passaram a ser monitoradas no Estado. 

O Siga é desenvolvido por técnicos da Aprosoja/MS e Famasul com recursos da Seprotur (Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo), por meio do Fundems (Fundo de Desenvolvimento das Culturas do Milho e da Soja).

Participarão da reunião de apresentação dos novos dados do Siga representantes do Sindicato e OCB/MS (Organização das Cooperativas Brasileiras no MS), IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), Ministério da Agricultura e Pecuária e Abastecimento), Granos Corretora, Agência de Desenvolvimento Agraer (Agrário e Extensão Rural), Seprotur, Embrapa (Empresa Brasileira de Geografia Estatística) e Cargil.