Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 28 de Novembro de 2020

Economia

Banco Central prevê manutenção de crescimento no Brasil em 2014

No Nordeste, as perspectivas para 2014 deverão ser favorecidas pela recuperação da agropecuária

Agência Brasil

13 de Fevereiro de 2014 - 14:08

O boletim regional trimestral do Banco Central (BC) divulgado hoje (13), em Curitiba, indica a manutenção do crescimento econômico em 2014, que se intensificou, segundo os técnicos do governo, no ano passado. No trimestre encerrado em novembro, o Índice de Atividade Econômica do Banco Central Brasil (IBC-BR) cresceu 0,3%, na comparação com o trimestre encerrado em agosto.

As perspectivas, agora, para a Região Norte, por exemplo, indicam crescimento da atividade nos próximos trimestres, favorecida pelos impactos de um ritmo mais intenso da economia mundial sobre as exportações de produtos básicos. Também influirá a manutenção do dinamismo do mercado de trabalho interno. O setor industrial, após desempenho negativo em 2013, tende a ser estimulado pelo aumento da demanda por produtos fabricados na Zona Franca de Manaus, informa o BC.

No Nordeste, as perspectivas para 2014 deverão ser favorecidas pela recuperação da agropecuária. O setor agrícola foi negativamente impactado pela seca dos últimos dois anos. Para o Centro-Oeste, as estimativas são de manutenção da renda agrícola e de seus efeitos sobre o mercado interno da região.

O Sudeste poderá ser beneficiado pelos impactos da depreciação cambial sobre as exportações e a competitividade da indústria regional. A Região Sudeste receberá os benefícios do dinamismo da demanda doméstica, para o que deverá contribuir os investimentos em infraestrutura em andamento. Já para o Sul, as expectativas quanto ao nível de atividade devem considerar a expansão modesta da atividade agrícola e, também, o impacto da recuperação das economias desenvolvidas sobre as exportações da região.