Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 20 de Setembro de 2021

Economia

Cesta básica tem o 4º maior aumento do País, mas ainda continua barata

Em Campo Grande, a quantidade de ração suficiente para um cidadão teve aumento de 0,35% em agosto em relação ao mês de julho deste ano.

Campo Grande News

04 de Setembro de 2013 - 16:29

O campo-grandense está pagando 0,35% mais caro pela cesta básica, o 4º maior aumento do País. No entanto, apesar do reajuste ter sido um dos maiores, o valor de R$ 265,81, continua sendo o 4º mais barato entre as 18 capitais pesquisadas pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos).

Em Campo Grande, a quantidade de ração suficiente para um cidadão teve aumento de 0,35% em agosto em relação ao mês de julho deste ano. O reajuste ficou atrás dos índices contabilizados em Porto Alegre (1,83%), Brasília (0,72%) e Curitiba (0,59%).

Por outro lado, 13 capitais registraram redução no preço da cesta básica em agosto. A maior redução, de 4,04%, ocorreu em Goiânia (GO). No ano, a cesta básica individual acumula queda de 9,41% em Campo Grande.