Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 5 de Dezembro de 2021

Economia

Comércio aposta em presente para todos os gostos, de R$ 15 até R$ 400

Seja como for, as dicas estão aí. Mas não esqueça que o melhor presente ainda é uma abraço bem apertado e uma beijo bem estralado nos papais.

Campo Grande News

03 de Agosto de 2013 - 10:19

O Dia dos Pais está chegando e com ele o velho dilema para escolher um presente. Pois o Lado B foi às lojas do Centro de Campo Grande atrás de algumas dicas bacanas para presentear os papais no próximo dia 11, e encontrou produtos variados, dos mais tradicionais aos originais, e de preferência que venham com o selo BBB (bom, bonito e barato).

Para quem prefere não correr o risco de errar pode optar pelas camisetas polos básicas, de cores neutras, que ficam bem em qualquer um e é bem vinda em todo guarda-roupas. Na JetLine, por exemplo, elas podem ser encontradas a partir de R$ 29. Mas o carro chefe da loja é a calça jeans, que a gerente Vera Faria garante que sai bastante nesta época do ano.

Para os papais mais descolados e que gostam de tendência de moda, a dica são os chapéus Panamá, que na Riachuelo podem ser comprados por R$ 39,90. Na mesma loja de departamento ainda há promoção especial de Dia dos Pais, com bermudas de sarja a R$ 39,90 para combinar com pólos, com preço a partir de R$ 25.

Outro presente que também sai bem no Dia dos Pais são os calçados. No top do ranking está o sapatênis, que na Estúdio Z podem ser encontrados com média de preço no valor de R$ 89,90, e os estilos variam dos mais básicos aos com estilos mais arrojados. As sandálias também são bem procuradas e ficam em segundo lugar na preferência quando o assunto é calçado.

O setor de perfumaria também faz sucesso entre os homens. Na loja do Boticário, há kits montados especialmente para o Dia dos pais, com um Malbec, um sabonete, uma loção pós-barba e um acessório, que pode ser estojo ou necessaire, tudo por R$ 165. Mas se quiser levar só o perfume, a loja tem uma edição especial do Malbec Absoluto, por R$ 139.

Mas também há os presentes com os preços mais “salgados”, como os relógios, por exemplo. Na Maube Jóias, os valores variam de R$ 85 a R$ 400, dependendo da marca e do modelo. Vale ter em mente o estilo do homenageado do dia, para combinar com o acessório. Há os mais modernos, com um designer mais quadrado, há os mais tradicionais, outros com pulseiras de couro, que são mais despojados. Ou seja, tem para todos os gostos.

Em uma ronda pelo Centro da cidade, até presentes de ambulantes entrou na lista, e para quem não quer gastar muito, é uma boa opção. Espalhados pelas ruas, é possível encontrar com eles relógios a R$ 30, cinto por R$ 20 e carteiras por R$ 20.

Em lojas de utilidades, se a pessoa souber procurar encontra presentes originais e bem em conta, como pantufas masculinas a R$ 18, pochetes por R$ 15 e ainda kits com carteira e cinto, por R$ 33.

Opção é o que não falta e, segundo os gerentes das lojas, o movimento ainda está tímido no Centro da Capital, mas a expectativa é de que a partir desta segunda-feira (5), as vendas aumentem. Mas como brasileiro tem fama de deixar tudo para a última hora, o fluxo maior de clientes deve ser intenso mesmo no final da semana, na véspera do Dia dos Pais.

Seja como for, as dicas estão aí. Mas não esqueça que o melhor presente ainda é uma abraço bem apertado e uma beijo bem estralado nos papais.