Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 22 de Setembro de 2021

Economia

Empresário paranaense faz estudos em Sidrolândia e pode investir R$ 40 milhões em manufatura mecânica

A expectativa é que o grupo invista cerca de R$ 40 milhões numa unidade para atender principalmente o setor sucro-alcooleiro.

Marcos Tomé/Região News

03 de Setembro de 2013 - 13:25

Foto: Marcos Tomé/Região News

Empresário paranaense faz estudos em Sidrolândia e pode investir R$ 40 milhões em manufatura mecânica

Cledinaldo Cotócio, Di Cesar (secretário de Desenvolvimento) Ari Basso (costas) Edivaldo dos Santos, Oswalo Aparecido (empresário) e Sergio Bolzan.

O empresário paranaense Oswaldo Aparecido de Oliveira cumpriu agenda na manhã desta terça-feira (03/09) com o prefeito Ari Basso. Ele estava acompanhado de um dos diretores da empresa de sua propriedade, a Montinorte Indústria Metal Mecânica, da cidade de Cianorte (PR) para levantamentos preliminares que podem resultar na instalação de uma unidade em Sidrolândia.

Basso, acompanhado dos vereadores Edivaldo dos Santos, Sergio Bolzan e Cledinaldo Cotócio, o recepcionou em seu gabinete por volta das 10 horas. A visita do empresário ao município é fruto do trabalho desempenhado pelos vereadores (já citados) que em meados do mês de agosto estiveram in loco apresentando as potencialidades de Sidrolândia ao grupo.

A Montinorte é uma das gigantes no setor de montagem industrial e atua no mercado há mais de 15 anos. A principal atividade da empresa está em desenvolver soluções para atender o setor sucro-alcooleiros, além de ser experiência no ramo de co-geração de energia. A empresa atende os seguimentos de mineração, biodiesel, petroquímica, indústria alimentícia, cervejarias, destilarias, fábricas de açúcar, dentre muitos outros tipos de serviços de montagem e manutenção industrial.

Em Sidrolândia, a expectativa é que o grupo invista cerca de R$ 40 milhões numa unidade para atender principalmente o setor sucro-alcooleiro. Caso se instale, devem ser gerados 200 empregos diretos e outros 300 indiretos. O empresário garante que a preferencia para os investimento é do município, embora, se avalie o mercado de Dourados.

“Gostei da cidade. Geograficamente esta bem posicionada em relação a alguns clientes que nossa empresa já atende na região. Mato Grosso do Sul faz parte de nosso planejamento de expansão”, revela Oswaldo. O empresário afirmou que inicialmente precisaria de 3 hectares para viabilizar o empreendimento, além de incentivos do Município e Estado.

“Vadinho” comemorou a reciprocidade do empresário em visitar Sidrolândia. Em sua avaliação, tais investimentos irão nortear o desenvolvimento da cidade com geração de emprego e renda. “Estou feliz que nossa ação tenha se transformado numa semente que pode vir a dar bons frutos no futuro. É obvio que ainda é cedo para se comemorar até porque ainda não há uma definição se esta empresa vai de fato se instalar no município, mas o primeiro passo foi dado”, ressalta.

O vereador lembra que o contato inicial com a Montinorte se deu em virtude da forte ligação que tem com o pastor Rui Matsuda. “Foi quem nos levou a cidade de Cianorte. Lá conhecemos várias outras empresas entre elas, a do empresário Oswaldo”, comenta.