Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 19 de Outubro de 2021

Economia

Enersul nega calote em produtores e promete quitar dívida após auditoria

A Enersul reitera que ressarcirá os produtores rurais que, efetivamente, tenham direito a reembolso pelas redes construídas no âmbito do Programa de Universalização”, afirmou.

Campo Grande News

27 de Julho de 2013 - 09:51

A Enersul (Empresa Energética de Mato Grosso do Sul) reafirmou, por meio de nota à imprensa, que vai pagar a dívida de R$ 72 milhões com os produtores rurais. No entanto, o pagamento será feito após a conclusão de auditoria nos créditos.

“A Enersul reitera que ressarcirá os produtores rurais que, efetivamente, tenham direito a reembolso pelas redes construídas no âmbito do Programa de Universalização”, afirmou.

A concessionária rebateu às denúncias feitas na Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) pelos deputados estadual Marquinhos Trad e federal Fábio Trad, ambos do PMDB. Eles pediram a investigação da empresa e para que o débito não tenha reflexo no cálculo da tarifa em 2014.

“O pagamento será feito com juros e correção monetária, tão logo seja concluída a auditoria que está sendo realizada para certificar quem, efetivamente, tem esse direito. Esta precaução é necessária porque o investimento ressarcido aumenta a "base de remuneração" (conjunto de investimentos pagos pela concessionária), o que resulta em aumento tarifário para todos, conforme determina o item 7.2.67 do Manual de Contabilidade do Setor Elétrico, instituído pela Resolução ANEEL 444/2001”, ressaltou a Enersul, no comunicado.