Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 5 de Dezembro de 2021

Economia

Exportações de carne bovina crescem 21% em volume até agosto

Apesar do embargo da Rússia, o país liderou o ranking de compradores internacionais da carne bovina brasileira em agosto.

Uol

17 de Setembro de 2013 - 14:57

Apesar das dificuldades para exportar para alguns países, as vendas externas de carne bovina registraram crescimento de 20,57% de janeiro a agosto deste ano, atingindo 944 mil toneladas, segundo dados divulgados hoje pela Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec). Com o aumento dos embarques, o faturamento chegou a US$ 4,168 bilhões, avanço de 14,12% sobre o mesmo período de 2012.

A Abiec prevê que as exportações de carne bovina superem US$ 6 bilhões este ano. De janeiro a agosto, as vendas externas de carne in natura somaram US$ 3,3 bilhões e volume exportado de 738 mil toneladas.

Apesar do embargo da Rússia, o país liderou o ranking de compradores internacionais da carne bovina brasileira em agosto. Ao todo, foram 32 mil toneladas embarcadas, ultrapassando Hong Kong, que atingiu 29 mil toneladas.

Das 56 plantas de carne bovina brasileiras cadastradas para exportação com destino à Rússia, 14 estão autorizadas a exportar, 32 estão com restrições temporárias e 4 em controle reforçado. Outras 6 plantas aguardam o resultado de análise laboratorial da amostra colhida.

"Nos últimos meses, percebemos forte recuperação da competitividade brasileira com a abertura de novos mercados, a modernização das tecnologias no campo, especialmente na logística de embarque da carne, aumentando, assim, a produtividade. Tudo isso nos leva a crer em fechar o ano com um faturamento superior a US$ 6 bilhões na exportação de carne bovina", disse, em nota, o presidente da Abiec, Antônio Jorge Camardelli.