Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 26 de Setembro de 2020

Economia

INSS: Aposentadorias acima do mínimo terão reajuste de 4,48% em 2020

Novos valores devem ser pagos na folha salarial de janeiro; segurado pode simular seu benefício multiplicando o índice pelo salário

VEJA

10 de Janeiro de 2020 - 10:04

INSS: Aposentadorias acima do mínimo terão reajuste de 4,48% em 2020

Aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que ganham acima do salário mínimo devem ter reajuste de 4,48% em seus benefícios em 2020. O porcentual aplicado é a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), divulgado nesta sexta-feira, 10, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O reajuste é maior para esses segurados do que para quem recebe o mínimo, já que aumento do piso foi de 4,1%, em decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro.

Para começar a valer, é preciso que a Secretaria de Previdência publique uma portaria para oficializar o reajuste dos benefícios no Diário Oficial da União. Porém, o segurado já pode estimar de quanto será seu benefício na folha salarial de janeiro. Para isso, o aposentado que recebe mais que o mínimo pode aplicar o índice de inflação em seu salário, somando a alta de 4,48% ou multiplicando por 1.0448.

Por exemplo, um segurado que recebeu aposentadoria de 2.000 reais em 2019 passará a ganhar 2.089,60 reais neste ano (2.000 x 1.0448). Lembrando que o benefício de janeiro será depositado entre os dias 3 e 7 de fevereiro. A ordem dos depósitos segue o número final do cartão de benefício, sem o dígito.