Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 23 de Junho de 2021

Economia

Parcela do 13º salário injeta R$ 104 milhões na economia de MS

Aposentados e pensionistas do INSS já recebem parte do salário extra. Maioria dos beneficiados pretende quitar dívidas, aponta pesquisa.

G1 MS

02 de Setembro de 2013 - 11:00

Já está circulando a primeira parcela do 13º salário dos aposentados e pensionistas da Previdência Social. Os recursos representam uma injeção de R$ 104 milhões na economia de Mato Grosso do Sul.

A maioria dos beneficiados com o salário extra pretende usar o dinheiro para se livrar de dívidas. De acordo com um levantamento da Confederação Nacional do Comércio, a quantidade de pessoas em Mato Grosso do Sul que dizem não ter condições de pagar as dívidas caiu pela metade do mês passado para cá. Em julho, o índice chegava a 27 mil, e em agosto ficou em 13 mil.

Na avaliação do assessor econômico da Federação do Comércio (Fecomércio-MS), Thales de Souza Campos, o mercado pode ficar otimista. "A injeção desse recurso vai dar um ânimo para a economia, principalmente nos setores de turismo e comércio de bens e serviços", explica o economista.

Entre os trabalhadores, o 13º salário começa a ser pago entre os meses de novembro e dezembro. As empresas podem fazer acordos com os funcionários e pagar o benefício em duas partes, com a primeira parcela sendo liberada a partir de setembro.