Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 22 de Setembro de 2021

Economia

Preço médio da soja fecha mês com alta de 14,86%, aponta Famasul

De acordo com o informativo, a questão do câmbio depreciado favorece a venda de soja brasileira no mercado externo.

G1 MS

06 de Setembro de 2013 - 07:47

O preço médio da saca de soja de 60 quilos chegou a custar R$ 64,75 em Mato Grosso do Sul no mês de agosto, o que representou alta de 14,86% do preço médio da saca, segundo dados da Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária do Estado) que compõem o informativo Casa Rural.

De acordo com o estudo, no dia 1º de agosto, o preço médio da saca de soja era de R$ 56,38. Em algumas cidades, como Caarapó, Campo Grande, Maracaju e Ponta Porã, a cotação ultrapassou o preço médio e a saca de soja chegou a custar R$ 67.

O principal fator apontado pelo relatório como estimulante da alta da soja no estado foi o pessimismo do último relatório do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos), que mostrou que percentuais de lavouras em boas ou ótimas condições estão diminuindo no país, principalmente por consequência do clima irregular, que alterna entre seco e frio.

De acordo com o informativo, a questão do câmbio depreciado favorece a venda de soja brasileira no mercado externo. O relatório aponta que a soma desses fatores tem contribuído para melhor rentabilidade aos produtores, mas ressalta que a lucratividade da produção somente não é melhor em função da infraestrutura precária do país, principalmente a portuária.