Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 5 de Dezembro de 2021

Economia

Sefaz altera valor real pesquisado do feijão e da soja

Ainda de acordo com a portaria da Sefaz, a soja ensacada, com 60 quilos, está fixada em R$ 54,60 para as operações internas e R$ 67,20 para as transações interestaduais.

Dourados Agora

17 de Julho de 2013 - 09:19

A Secretaria de Estado de Fazenda de Mato Grosso do Sul (Sefaz) publicou ontem (16) no Diário Oficial do Estado a alteração do valor real pesquisado do feijão e da soja e seus derivados. O valor real pesquisado do feijão carioquinha a granel está cotado a R$ 1,70 o quilo, enquanto a saca de 60 quilos passou a ser cotada em R$ 102,00.

O feijão preto a granel teve seu preço fixado em R$ 1,67 e a saca de 60 quilos está cotada em R$ 100,20. Nas operações domésticas, a soja a granel teve seu preço fixado em R$ 0,91 o quilo, enquanto nas operações interestaduais o valor a ser pago pela soja chega a R$ 1,12.

Ainda de acordo com a portaria da Sefaz, a soja ensacada, com 60 quilos, está fixada em R$ 54,60 para as operações internas e R$ 67,20 para as transações interestaduais.

Para o farelo de soja a granel, a secretaria estabeleceu os seguintes valores: R$ 0,91 o quilo ou R$ 910,00 a tonelada, enquanto o óleo de soja bruto teve seu preço revisto para R$ 2,85 o quilo.

Para fixação do Valor Real Pesquisado leva-se em consideração o valor de mercado acrescido do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e o custo com transporte. Mais informações na página 1 do Diário Oficial. (Governo do Estado de Mato Grosso do Sul)