Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 29 de Outubro de 2020

Economia

Semeadura da safrinha de milho atinge os 13,8% no Estado

Esse percentual representa aproximadamente 217 mil hectares, de um total de 1,5 milhão que deverão ser cultivados neste ciclo, conforme a entidade.

Agrodebate

13 de Fevereiro de 2014 - 09:30

A semeadura da safrinha de milho em Mato Grosso do Sul vem sendo feito concomitantemente com a colheita da soja. A medida que as colheitadeiras retiram os grãos da oleaginosa das lavouras, as plantadeiras vêm na sequência semeando o cereal.

Segundo dados do Siga (Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio), da Aprosoja/MS (Associação dos Produtores de Soja do estado), cerca de 13,8% das áreas que deverão ser cultivadas com o milho segunda safra em Mato Grosso do Sul já foram semeadas.

Esse percentual representa aproximadamente 217 mil hectares, de um total de 1,5 milhão que deverão ser cultivados neste ciclo, conforme a entidade.

O presidente da Aprosoja/MS, Maurício Saito, disse que a instituição não projeta redução de área para a cultura neste ciclo, mas sim, uma diminuição dos investimentos no manejo das lavouras em razão dos baixos preços do grão.

Conforme o Siga, entre as regiões leste, norte e central do estado o plantio do cereal está mais acelerado em Chapadão do Sul, com 40% das áreas plantadas, e Costa Rica, com 35%, enquanto que no sul, Fátima do Sul atingiu o percentual de 25% de áreas semeadas e Vicentina, 20%.