Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 19 de Maio de 2022

Esporte

Cyborg pressiona Dana por luta em categoria de peso adequada

Campeã do Invicta FC, brasileira pede divisão dos penas no Ultimate.

Combate

01 de Dezembro de 2015 - 10:05

Cris Cyborg ganhou os holofotes por rivalidade contra Ronda Rousey. Sem perder uma luta há dez anos, a brasileira, campeã do Invicta FC, insiste em um duelo na categoria dos penas no Ultimate, mas até o momento não recebeu nenhuma resposta positiva de Dana White, chefe da organização. 

Em conversa com a "Tatame", Cyborg aproveitou para novamente pressionar o presidente do UFC. A lutadora comparou a situação com a de Gina Carano, que poderia ganhar uma luta entre os penas, e garantiu que um duelo renderia dinheiro aos organizadores.

- Se o Dana White estava disposto a colocar a luta da Gina Carano em seu evento como peso-pena, dizendo que sempre que houvesse um desafiante, a luta iria acontecer, por que ele não está disposto a me dar a mesma oportunidade? Eu sou uma campeã do mundo e meus fãs estão cansados do Dana White esconder minhas lutas no UFC Fightpass. Deixe-me lutar em um evento do UFC em minha categoria de peso. Garanto que a Zuffa vai fazer dinheiro promovendo minhas lutas.

No momento, o Ultimate realiza lutas em duas categorias femininas. No peso-palha, Joanna Jedrzejczyk continua com amplo domínio, enquanto Holly Holm, após chocar o mundo e nocautear Ronda Rousey, reina entre os galos.