Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 18 de Agosto de 2022

Esporte

Dunga convoca Seleção com Renato Augusto para iniciar Eliminatórias

O atleta, que superou um início no Timão com lesões e se consolidou como peça importante do meio-campo de Tite, volta à Seleção após mais de quatro anos

Gazeta Esportiva

17 de Setembro de 2015 - 14:27

Dando início ao “momento mais importante” da Seleção Brasileira, segundo o próprio treinador, Dunga anunciou a lista de convocados para os confrontos contra Chile e Venezuela, em outubro, pelas Eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2018. Sem poder contar com Neymar, que cumprirá suspensão nestas duas partidas, o técnico abriu seu leque de opções e chamou Renato Augusto, meia do Corinthians, como grande novidade na convocação.

O atleta, que superou um início no Timão com lesões e se consolidou como peça importante do meio-campo de Tite, volta à Seleção após mais de quatro anos. As únicas experiências de Renato Augusto com a camisa amarela foram sob o comando de Mano Menezes, que sucedeu o próprio Dunga após o Mundial na África do Sul. Além do meia, o zagueiro Gil, do Corinthians, e o lateral direito Rafinha, do Bayern de Munique, foram outras surpresas.

Com Daniel Alves e Danilo se recuperando de lesão em seus respectivos clubes, Dunga manteve Fabinho, que foi convocado para os últimos amistosos nos Estados Unidos. Outro que esteve presente nos amistosos contra Costa Rica e Estados Unidos foi Lucas Lima, que disputou seus primeiros jogos pela Seleção na América do Norte. Além do meia do Santos, peça fundamental no esquema de Dorival Jr., Coutinho e Oscar, que ficou fora da Copa América, foram chamados.

Como centroavante, Dunga seguirá apostando em Hulk, ao menos, nestes primeiros amistosos. Protagonista de uma relação contraditória com o atleta, que chegou até a pedir dispensa no ano passado, o treinador testou Hulk como homem de frente nos amistosos e aprovou: foram dois gols do camisa 7 em dois amistosos. Sem Neymar, suspenso, e Rafinha Alcântara, que se lesionou seriamente na última quarta, Douglas Costa e Firmino terão a responsabilidade de dar velocidade e profundidade ao ataque.

Nomes ventilados pela imprensa no setor ofensivo, como dos atacantes Alexandre Pato, artilheiro do São Paulo no ano, e Ricardo Oliveira, maior goleador do Campeonato Brasileiro, não foram listados nesta primeira oportunidade. O meia Kaká, que compôs a delegação nos últimos amistosos e voltou ao Orlando City com lesão, ficou de fora dos primeiros jogos das Eliminatórias.

O chefe de delegação da Seleção seguirá sendo Gustavo Dantas, o mesmo dos últimos amistosos na América do Norte. Já o cargo de auxiliar pontual, que foi ocupado pelo ex-jogador Edmílson nos Estados Unidos, seguirá nas mãos de um pentacampeão. Nos primeiros jogos das Eliminatórias, o capitão do penta, Cafu, formará parte da comissão técnica de Dunga e Gilmar Rinaldi.

Confira a lista de 23 convocados para as Eliminatórias:

Goleiros: Jefferson (Botafogo), Marcelo Grohe (Grêmio) e Alisson (Internacional)
Laterais: Fabinho (Monaco), Rafinha (Bayern de Munique), Filipe Luis (Atlético de Madri) e Marcelo (Real Madrid)
Defensores: David Luiz (PSG), Marquinhos (PSG), Miranda (Atlético de Madri) e Gil (Corinthians)
Volantes: Luiz Gustavo (Wolfsburg), Fernandinho (Manchester City) e Elias (Corinthians)
Meio-campistas: Renato Augusto (Corinthians), Lucas Lima (Santos), William (Chelsea), Oscar (Chelsea) e Philippe Coutinho (Liverpool)
Atacantes: Lucas (PSG), Douglas Costa (Bayern de Munique), Roberto Firmino (Liverpool) e Hulk (Zenit)