Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 21 de Junho de 2024

Esporte

Paulo Miranda tira peso das costas com gol marcado contra ex-carrasco

Globo Esporte.com

10 de Junho de 2012 - 22:11

Ele foi crucificado por torcida e diretoria do São Paulo após a derrota para o Santos, na semifinal do Campeonato Paulista. Após cometer um pênalti em Neymar e falhar no segundo gol, marcado também pelo atacante, Paulo Miranda ganhou um “descanso” ordenado pelo presidente Juvenal Juvêncio. O técnico Emerson Leão, que era o contra o afastamento do atleta, teve de aceitar e o beque não disputou os dois jogos contra a Ponte Preta, pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

O tempo passou, Paulo Miranda foi perdoado, voltou ao time e, pelo menos nos últimos jogos cresceu de produção. E neste domingo, contra o mesmo Santos, no mesmo estádio do Morumbi, o beque marcou de cabeça o seu primeiro gol com a camisa tricolor, após disputar 24 partidas.

Muito abraçado pelos companheiros, o defensor comemorou após a partida.

– Estava precisando marcar um gol importante. Tive a oportunidade justamente contra o Santos e consegui marcar. Nós sempre treinamos essa jogada de bola aérea e, mesmo com o time deles sendo muito alto, consegui marcar – afirmou.

O técnico Emerson Leão, que sempre foi defensor de Paulo Miranda, comemorou a boa atuação do seu jogador.

– Fiquei feliz pelo Paulo Miranda porque ele é um atleta silencioso. Se ele tivesse mais de mídia e diálogo, apareceria mais – ressaltou.