Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 13 de Agosto de 2022

Esporte

Primeiro treino da Seleção nos EUA está marcado para o fim da tarde

O primeiro foi substituído por Marcelo, enquanto Daniel Alves deu vaga a Fabinho; Oscar a Philippe Coutinho; e Ramires a Rafinha Alcântara.

Gazeta Esportiva

31 de Agosto de 2015 - 10:15

A delegação da Seleção Brasileira que participará de dois amistosos em solo norte-americano, contra a Costa Rica e a seleção local, já ruma para os Estados Unidos. Grande parte dos atletas partiu do Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, no último domingo e tem chegada prevista nesta tarde. O primeiro treino deve acontecer às 18h (de Brasília).

Assim que aterrissar em solo estadunidense, a Seleção já irá a campo no CT do Red Bull. Em Nova Jersey, cidade onde enfrentará a Costa Rica no sábado, dia 5, o grupo comandado por Dunga ficará hospedado no Westin Newport, hotel que tem cerca de 429 acomodações, das quais 19 são suítes de luxo, e uma vista privilegiada para Manhattan.

Na última semana, Dunga foi forçado a alterar a primeira lista convocatória em virtude de problemas de lesão, como os que se acometeram a Filipe Luis, Daniel Alves, Oscar e Ramires. O primeiro foi substituído por Marcelo, enquanto Daniel Alves deu vaga a Fabinho; Oscar a Philippe Coutinho; e Ramires a Rafinha Alcântara.

Os jogadores que atuam na Europa chegaram à concentração da Seleção no último domingo. Hulk, Gabriel Paulista, Luiz Gustavo, Willian, Fernandinho e Neymar, entre outros, foram recebidos pelos estafes da Seleção e conversaram com parte da imprensa. Recuperado de caxumba, o principal jogador do Brasil falou sobre o cumprimento da punição recebida na Copa América.

“O erro foi meu então acho que não tem o que falar. Sei onde errei e porque estou passando por essa situação. Agora tenho que aprender com isso”, falou Neymar, que mesmo fora dos dois primeiros jogos das Eliminatórias foi chamado para os amistosos e deve atuar nos Estados Unidos. Já Hulk, que não era convocado desde quando pediu dispensa, quer aproveitar a nova oportunidade de vestir a camisa da Seleção, o que não acontece desde a Copa.

Já Gabriel Paulista, que chegou a receber ameaças de morte pela rede social recentemente, após se envolver em um lance de treino que contundiu o companheiro de Arsenal Jack Wilshere, declarou sua admiração a Thiago Silva, que foi cortado da convocação para os amistosos após figurar na reserva durante a Copa América.

“Sempre vim esperando minha oportunidade, trabalhando e respeitando todos. Não estou querendo ultrapassar ninguém, vou sempre respeitar o momento. Vou pensar aqui na Seleção. O Thiago Silva é um grande jogador, meu espelho. Como já falei, sempre achei ele um dos melhores do mundo e sempre vou tê-lo como espelho para, quem sabe, me tornar um dos melhores”, falou o defensor.

O goleiro Jefferson, do Botafogo, tranquilizou a todos sobre suas condições físicas durante sua chegada. “Chego muito melhor à Seleção. Fiz (testes) no sábado para ver se eu tinha condições de me apresentar à Seleção bem. É uma sequência do nosso trabalho. Tivemos alguns desfalques, mas creio que são dois jogos importantes para tirarmos qualquer dúvida para as Eliminatórias”, falou o camisa 1, que deve desfalcar o Fogão contra Atlético-GO e Vitória.

Partiram do Brasil, junto com a comissão técnica de Dunga, os goleiros Jefferson (Botafogo), Marcelo Grohe (Grêmio) e Alisson (Internacional); o lateral Douglas Santos (Atlético-MG); e os meias Elias (Corinthians) e Lucas Lima (Santos).

Confira a lista convocatória para os amistosos nos Estados Unidos:

Goleiros:

Jefferson (Botafogo)
Marcelo Grohe (Grêmio)
Alisson (Internacional)

Laterais:

Fabinho (Monaco)
Danilo (Real Madrid)
Marcelo (Real Madrid)
Douglas Santos (Atlético-MG)

Zagueiros:

Miranda (Internazionale)
David Luiz (PSG)
Marquinhos (PSG)
Gabriel Paulista (Arsenal)

Volantes:

Luiz Gustavo (Wolfsburg)
Elias (Corinthians)
Fernandinho (Manchester City)

Meio-campistas:

Rafinha Alcântara (Barcelona)
Philippe Coutinho (Liverpool)
Douglas Costa (Bayern de Munique)
Willian (Chelsea)
Kaká (Orlando City)
Lucas Lima (Santos)

Atacantes:

Neymar (Barcelona)
Roberto Firmino (Liverpool)
Lucas (PSG)
Hulk (Zenit)