Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 21 de Setembro de 2020

Política

Secretários terão de deixar MDB para continuarem nos cargos

Embora os dois secretários sejam filiados ao MDB, nenhum deles teve na nomeação a interferência do ex-prefeito.

Flávio Paes/Região News

01 de Outubro de 2019 - 14:31

Secretários terão de deixar MDB para continuarem nos cargos

Todos os ocupantes de cargos em comissão na Prefeitura de Sidrolândia, incluindo dois secretários municipais, que são filiados ao MDB, terão de deixar o partido para continuarem nos cargos. A recomendação foi repassada pelo próprio prefeito Marcelo Ascoli, já que o partido acaba de reeleger na presidência do diretório municipal o ex-prefeito Daltro Fiuza que anunciou ser pré-candidato a prefeito.

A secretária de Desenvolvimento Econômico, Elaine Brito, até o final da tarde desta terça-feira vai definir se deixa o cargo, permanecendo no MDB, ou abandona o partido e se engaja de imediato no projeto de reeleição do prefeito. No domingo, Elaine foi na convenção do MDB, mas não integrou a chapa única eleita para compor o diretório municipal.

O secretário de Infraestrutura, Nilo Cervo, esteve na convenção e integra o diretório como vocal. Quem também é filiada ao MDB, é a coordenadora Municipal de Políticas Públicas, Natália de Souza. Embora os dois secretários sejam filiados ao MDB, nenhum deles teve na nomeação a interferência do ex-prefeito, que em 2016, quando saiu da disputa, não participou das articulações que resultou na aliança do MDB com o partido do prefeito.