Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 14 de Abril de 2024

Policial

Acusado de espancar enteada até a morte será interrogado em Coxim

Interrogatório da mãe de Rafaela ainda não tem data

Campo Grande News

20 de Julho de 2011 - 16:53

Acusado de espancar enteada até a morte será interrogado em Coxim
Acusado de espancar enteada at - Nadyenka Castro

Acusado de espancar até a morte a enteada Rafaela, de apenas três anos em 28 de fevereiro do ano passado, em Campo Grande, Handerson Cândido Ferreira, será interrogado em Coxim.

A carta precatória para o interrogatório já foi expedida pela 1ª Vara do Tribunal do Júri para a comarca onde Handerson está residindo.

A mãe da menina, Renata Dutra de Oliveira, também é acusada do crime e ainda não foi interrogada. A audiência estava marcada para 29 de junho, mas foi adiada porque o advogado da ré apresentou atestado médico.

O casal é acusado de espancar Rafaela até a morte. Laudo necroscópico apontou que a criança agonizou por pelo menos 24 horas antes de morrer.

Além da lesão no cérebro, foram encontrados hematomas em várias partes do corpo. A família morava na Rua Bodoquena, no bairro Amambaí, em Campo Grande. O casal chegou a ser preso em março de 2010, mas está em liberdade desde maio do ano passado.

O MPE (Ministério Público Estadual) denunciou o casal por homicídio qualificado, por meio cruel e impossibilidade da defesa, com o agravante da vítima ser menor de 14 anos e filha.